Luke Cage da Marvel 1×10 — Take It Personal

Começa o jogo do tudo ou nada em Take It Personal, vilões se preparando para seus atos finais na série.

Eu sou política, não uma traficante de armas” — DILLARD, Mariah

Qual é a diferença?”- STRYKER, Willis Diamondback

Durante a viagem de Luke e Claire, ficou claro que Misty perdeu a chance de ser o par romântico do herói. Para quem esperava que Claire tivesse alguma chance com o Demolidor, essa é uma notícia triste, mas não vamos nos abalar tão cedo, ainda tem muita série do universo Marvel/Netflix pela frente.

Fritar Luke Cage parece ser mesmo a única forma eficaz para conseguir curar seus ferimentos, então é bom que ele não deixe Kid Cascavel acertá-lo novamente, pois o processo para reverter a situação além de doloroso agora parece fora de questão.

As novas revelações sobre o passado de Reva são um tanto chocantes, a mulher perfeita pintada desde que o herói foi apresentado em Jessica Jones, finalmente se dissipou, junto com a ideia de um relacionamento perfeito que parece nunca ter existido.

Voltando a Diamondback e sua obsessão por Luke, fica claro que assim como seu antecessor Cottonmouth, o vilão tem que ficar atento ao comportamento de seus aliados, Mariah e Shades não estão gostando muito dessa história de Willis ter um foco obsessivo que pode comprometer a todos no fim das contas. Ao menos agora o plano dele tem um pouco mais de consistência, tentando colocar as balas Judas nas mãos da polícia.

Em Take It Personal também temos o primeiro vislumbre do uniforme que Diamondback irá usar em seu embate final contra Luke. Por enquanto vimos apenas uma luva que acionada por um dispositivo preso nas costas do vilão dá a ele super força.

A primeira fase do plano de Kid Cascavel parece surtir efeito quando os policiais vão para as ruas tentar encontrar Luke Cage, o que soa um tanto absurdo já que nenhum deles tem poder de fogo para derrubar o vigilante agora considerado assassino de policiais. Mas é a vida que segue, nem tudo no universo dos super-heróis faz exatamente sentido.

O ponto forte dessa parte da trama é que toda ação sem sentido acaba resultando em tragédia. Desesperados para encontrar respostas os policiais acabam pesando a mão e indiretamente dão força para a campanha de Mariah e Kid Cascavel.

O que pareceu um pouco de preguiça por parte dos criadores da série é como Luke se da conta de que Willis é realmente seu irmão. O formato do flashback em conjunto com a realidade atual ficou bem bacana de se ver na tela, mas juntar peças de suas memórias de infância deixou a história um tanto boba, no entanto bem próxima da realidade. Afinal uma vez que tomamos conhecimento sobre um fato do passado, se temos memória suficiente é normal começar a ligar os pontos da forma que Luke fez.

Por fim todo mundo sabia desde o começo que o protesto na Harlem’s Paradise acabaria mal, mesmo assim Luke e Claire foram para lá, afinal esse já é o décimo episódio e as coisas precisam esquentar.

Uma observação interessante é que Misty foi atingida gravemente no braço. Em sua origem nas HQ’s a personagem perde um braço e ganha um substituto biônico desenvolvido por ninguém menos que Tony Stark, mas dificilmente veremos essa parte da trama dos quadrinhos na série.

Não se esqueça de dar uma nota para Take It Personal em nosso placar e comentar o que você está achando da série. Até a próxima.

[taq_review]

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!