MacGyver: Profissão Perigo

O Box Fechado desta semana vai dar um pulinho lá nos anos 80 e falar sobre uma série que TODOS conhecem, quem viu e quem não viu também. A verdade é que todo mundo já ouviu, pelo menos uma vez, falar de MacGyver. Vai dizer que não? O cara que conseguia fazer o inimaginável se tornou uma verdadeira lenda da TV.

A série de ação da ABC foi exibida em sete temporadas, de 1985 a 1992, e era protagonizada por Richard Dean Anderson. MacGyver era um ex-agente das Forças Especiais dos Estados Unidos que passou a trabalhar para a Fundação Fênix. Praticamente um herói, ele consegue combater o mau sem usar nenhuma arma, apenas com recursos, no mínimo, curiosos: clipes, cadarços de tênis, chiclete, chocolate… e claro, seu canivete suíço. Parece bobo, né? Mas foi isso que fez com que a série fizesse tanto sucesso e MacGyver se tornasse um dos personagens mais inesquecíveis do mundo televisivo.

Mas há uma explicação para o ex-agente conseguir fazer coisas tão impossíveis assim: ele é um físico. Tá, isso não justifica. Mas vamos combinar que a graça de MacGyver é toda essa: fazer tudo com quase nada. Só no primeiro episódio, olha algumas coisas que ele fez:

– Desarmou um míssil com um clipe;

– Amassou um cano de uma pistola de sinalização para transformá-la em foguete de empuxo;

– Tornou raios laser visíveis com fumaça de cigarro;

– Acabou com um vazamento de ácido usando chocolate.

Outras personagens também tiveram importância na série. Pete Thornton (Dana Elcar) era chefe e melhor amigo do protagonista. Jack Dalton (Bruce McGill) era um aviador e um velho amigo do herói, que tinha um tique nervoso no olho esquerdo quando mentia. Não podemos esquecer Murdoc (Michael Des Barres), inimigo de MacGyver que nunca falha — exceto, claro, quando este intervém. Nessas horas, ele gritava “MACGYVER!” e supostamente morria. Até Teri Hatcher (Lois & Clark: As novas aventuras do Superman) participou da série, como Penny Parker.

MacGyver fez tanto sucesso em sua longa vida, que resultou em dois filmes em 1994, ambos para a televisão. O personagem se tornou ícone mundial, e até hoje seu nome é usado como expressão em situações quase impossíveis.

A série já foi exibida pela Rede Globo e, atualmente, vai ao ar pelo canal a cabo TCM nas segundas, quartas e sextas, sempre às 20h. Dá para matar a saudade, hein? Veja a abertura:

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!