Magnífica 70 1×08 — Episódio 08

Magnífica 70 vem se encontrando e entre erros e acertos e mostrando seu potencial.

Um novo cinema, para um novo Brasil!” VICENTE

Os diretores e teóricos russos Serguei Eisesntein e Dziga Vertov, são fundamentais no estudo da historia do cinema. Seus filmes e teorias nos mostram o qual importante é o momento da montagem no filme, pois são nas mesas de moviolas e seus cortes que os filmes começam a ganhar suas primeiras formas na tela. E se bem aplicada podem favorecer ou destruir a obra.

É exatamente a ultima opção que ocorre quando Vicente finalmente vê Minha Cunhada é De Morte montado pela primeira vez, para seu desespero.

O roteiro acerta ao fazer um paralelo com os ideais e teorias do cinema russo entrelaçado nas relações de seus personagens. E eu explico.

Logo após a revolução Bolchevique de 1917, o novo governo deu ênfase e incentivo nas produções cinematográficas por considerá-las peças estratégicas para propaganda ideológica. Assim, obras que exaltassem a força e o heroísmo do povo russo eram estimuladas, financiadas e amplamente distribuídas pelo Estado. Captou?

Magnífica 70

É esta exatamente a estratégia de Vicente em seu relatório para a censura a pedido de seu sogro, General Souto, de através da intervenção da censura, alterar títulos e até dublar filmes tidos subversivos para os moldes aceitáveis da Ditadura e da tradicional família brasileira. E exemplos em nossa historia não faltam. Os bonecas, filme de Reginaldo Faria com trilha composta por Eramos Carlos teve seu título alterado para Os Machões, A Filha da Cafetina tornou-se A Filha da Madame Betina, o clássico Anjo Devasso com Vera Fischer se tornou Anjo Loiro. E será justamente o trabalho de dublagem que Vicente realizou em A Virgem Encarceraria seu grande exemplo, o que nos traz uma grande expectativa de como isso irá impactar Inácio e suas ideologias.

O episódio também nos trouxe uma relação um tanto quanto inesperada. Com a revelação de quem matou e Helena e a verdade sobre Vicente e sua relação com os militares, Dora se aproxima de Manolo.

É interessante vermos que o mesmo personagem machista e chauvinista também possui momentos sinceros e doces ao revelar sobre os motivos de ter contrato Dora e seu passado com a bruxa paraguaia, o que gera não só um momento divertido ao revelarem que Dora pinta os cabelos, como também traz mais profundidade ao personagem de Manolo que se mostrava muito raso.

Porém se tudo isso é louvável, desnecessária foi à forma como o mesmo usou de agressividade, rasgando as roupas de Dora, em uma evidente alusão a atos de filmes pornôs, que em nada acrescentou a trama.

Isabel também teve seu lugar ao Sol em um breve momento de vingança ao mostrar ao marido que não é mais frigida.

Estes momentos mostram que Magnifica 70 vem se encontrando e entre erros e acertos se mostra uma obra didática e de entretenimento ao mesmo tempo. Fato é que muitas questões técnicas podem melhorar, potencial sabemos que tem.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER