Marvel’s Daredevil 1×01 — Into the Ring

Não busco perdão pelo que fiz. Peço perdão pelo que vou fazer.” — MURDOCK, Matt

Todo mundo percebeu o quanto estávamos ansiosos por esse dia. 10 de Abril. Rolou até Countdown essa semana aqui no Box com textos especiais. Os 13 episódios de Marvel’s Daredevil foram disponibilizados para Stream no Netflix e como não poderia ser diferente, não se fala em outra coisa.

A série se inicia com uma cena angustiante, caótica. O pequeno Matt Murdock (Charlie Cox) sofre um acidente envolvendo um caminhão de lixo tóxico, perdendo sua visão e potencializando seus outros sentidos. O acidente em si não foi mostrado, e sim o pós acidente… tenho a impressão de que veremos mais sobre esse dia futuramente já que a série se mostrou adepta de Flashbacks. Não ficou tão claro como tudo aconteceu, deram apenas o essencial para não nos perdemos.

O esforçado ator principal aparece na cena seguinte em um quase monólogo — uma confissão na igreja, na verdade — onde fala sobre seu pai, sua avó, e o que eles lhe ensinaram. Olha a dualidade fazendo sua primeira aparição. Seu primeiro trabalho é salvar algumas mulheres de uma quadrilha especializada em tráfico humano … até então, as informações dadas ao público são escassas e é importante ler as entrelinhas. O problema mesmo é quando não há entrelinhas.

A primeira sequência de luta é simples, mas ótima! O Demolidor consegue mostrar seu potencial ao telespectador sem precisar de tantos efeitos especiais, é tudo muito bruto. Realista demais para uma série de super-herói, onde milhões de artifícios poderiam ter sido usados, mas não foram. E isso não é um erro, é um diferencial.

Enfim, a série começa a ganhar forma. Murdock e seu amigo Foggy (Elden Henson), que deve assinar sozinho os direitos pelos momentos descontraídos, estão abrindo um escritório de advocacia e procuram por um apartamento numa Hell’s Kitchen que se reconstrói depois da devastação de Nova York em Os Vingadores.

Karen Page (Deborah Ann Woll) tem uma primeira aparição bem dramática. Ela é apontada como única e principal suspeita de cometer um assassinato. Por meios ilegais , Matt e Foggy ficam sabendo do caso e se oferecem para ajudá-la como seus advogados. Ver Murdock trabalhando como um justiceiro a noite e como um simples advogado de dia me lembrou um pouco de Dexter e sua vida dupla. Sob custódia, Karen sofre um atentado e quase não escapa viva. Ameaçando levar a história à mídia, seus advogados a tiram da cadeia, tendo tempo para esclarecer tudo melhor. Karen Page trabalhava no setor financeiro da Union Allied, uma construtora responsável pela supervisão dos contratos do governo para a Reconstrução da cidade. Ela detecta irregularidades, dentre elas, um alto desvio de dinheiro. Mas, por que ela não foi morta por quem quer que seja na primeira oportunidade? Houve uma mudança de planos? Sim, é óbvio. Karen esconde algo e um teste do polígrafo peculiar entra em ação.

O ar épico de produção Marvel vê a luz na luta travada debaixo de chuva, com direito a MUITA slow motion e pausa pra flashback. O enredo central do episódio termina com menos pontas deixadas para o próximo do que eu imaginava. Ao som de uma trilha intensa, o piloto se encerra com rápidos flash’s: algumas consequências pelos atos de Murdock e o que está por vir.

Into the Ring é um episódio estiloso. Desde as cenas de ação mais cruas até o filtro escuro e opaco usado na fotografia, tudo trabalhou a favor da estreia. O que dizer da abertura com Nova York vermelho e heart beats? Um trabalho digno. Foi empolgante, mas vago. Caprichado? Sem dúvida alguma. Ainda há muito pra ser abordado e explicado nos próximos 12 episódios de mais de 50 minutos cada. E, é claro, muito pra ser discutido aqui com vocês.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER