Masters of Sex 1×03 — Standard Deviation

Engraçado, você é o segundo da comunidade médica a me f*der.” — Dale

É tão prazeroso assistir uma série onde tudo é tão bem orquestrado. Os detalhes bem valorizados, atuações bem executadas, o roteiro sendo seguido de forma branda mas não de maneira arrastada, um roteiro delicado mas delicioso de assistir.

Masters of Sex me surpreendeu por ser obviamente um show sobre sexo, mas que o usa como válvula de escape para abordar diferentes dramas. Como por exemplo, a inveja de Ethan sobre o Dr. Masters. A relação dos dois ainda continua suave, mas com certeza isso não irá durar muito tempo.

Por se tratar do terceiro episódio é impossível cobrar evolução e maturidade dos personagens. Porém Will e Virginia parecem já ter se estabelecido. Não apenas porque são protagonistas, o fato é que, os dois são as peças chaves da história, e além do impulso do estudo podemos esperar o vai e vem de um possível romance entre os dois.

masters-of-sex-standard-deviation

Falando nisso, tivemos a introdução de uma nova personagem. Dr. Lillian DePaul me pareceu uma mulher solitária e que mostrará o quão difícil era a aceitação de ginecologistas mulheres naquela época. Pode parece um tão quão ignorante, mas fiquei com a leve impressão de que ela seja lésbica. Mas creio que essa era justamente a intenção dos roteiristas. É esperar para descobrir.

E como as coisas acontecem rápido em Masters of Sex, não é mesmo? Quando o jovem Dale fuxicou sobre o reitor Scully era previsível que Will usaria essa informação contra ele. Mas tudo foi muito ligeiro. O que é muito bom, com estudos voltando para o hospital, teremos uma evolução no plot que, cá entre nós, é a trama que faz a série andar.

Tem como não amar Libby? Um dia ela está ferozmente brava com o marido, no outro ela já está carinhosamente amorosa. Claro que tudo isso seja pela sua “suposta” gravidez. Fato este que ainda considero hipotético, ainda mais conhecendo levemente o Ethan, e sabendo da sua raiva pelo Dr. Masters, tudo pode não passar de uma farsa.

Os flashbacks foram muito efetivos nesse episódio, mas um fato destacou-se: quem é Carolline? Seria essa a grande paixão do Dr. Masters? Em suma, mais um ótimo episódio, muito introdutório mas que deixou excelentes ganchos. Criando assim novas expectativas para os rumos das tramas.

ps: Recentemente vi um comentário mais ou menos assim sobre a série: “Os atores são bons, mas tem muito sexo hétero.” Acho que esse fã já pode sentir muito amor por Masters of Sex, hein?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER