MDM 6X07 — Man with a Plan

You exist in this room for my pleasure.”— Draper, Don

Don é um cara com problemas. Tantos problemas que até nos fazem questionar a roteirização do programa até entendermos do que se trata realmente.

No review passado, vimos como pareceu pouco convincente, em termos de roteiro, a fusão entre a empresa de Ted e a SCDP. Ted e Don simplesmente se odeiam e o senso de competitividade e o orgulho de Don são muito maiores que ganhar uma conta em nome de sua empresa para que ele se unisse a uma pessoa que não gosta. No entanto, nesse episódio, pela conversa entre Don e Peggy, entendemos que o objetivo do personagem de Jon Hamm sempre foi reaver sua discípula.

Essa explicação para a súbita amizade entre Don e Ted parece mais convincente. Don não se importa em movimentar a vida de todos a sua volta para ter o que quer, mesmo que seja tão somente a presença de uma pessoa que ele gosta. Fundir a empresa, demitir funcionários, lotar os escritórios, tudo isso significa pouco para ele, do alto de sua arrogância, quando quer atingir seus objetivos –por mais superficiais que eles sejam.

Mad Men 6x7 creative

Mas ter Peggy por perto não significa tolerar Ted. Numa competição para ver “quem era mais macho” Don se mostra rebelde, chegando atrasado em reuniões e dando um porre homérico em seu rival! Entretanto, acaba se dando mal ao entrar num avião pilotado por Ted. Um Don suado e temeroso mantém sua pose de macho enquanto Ted, sorridente, de óculos aviador, se delicia com o cagasso que seu rival passa. Os próximos episódios devem nos reservar novos rounds do embate entre os dois.

I need you! And nothing else will do!” — Sylvia

E Draper continua mostrando suas carências. Num jogo sensual com Sylvia, deixa sua amante num hotel, dando presentes e ordens. No jogo de Don ele é frio, distante, autoritário. Tudo que ele quer é ser precisado, ser querido, ser servido, ser obedecido. Mas seu jogo é destrutivo para Sylvia — que abandona essa ilusão promíscua e retorna para seu marido — e para o casamento de Don, que implora para que Sylvia não o abandone — mostrando sua verdadeira carência- e numa conversa com Megan simplesmente pára de ouvir sua esposa… aquele momento num relacionamento onde não se ouve o que o outro tem para falar porque não importa mais.

O título do episódio remete a um plano. Talvez a rápida fusão entre as duas empresas não seja uma “facilitada no roteiro” como dissemos em reviews anteriores. Talvez seja parte do plano de Don de ter (ou reaver) tudo o que quer. Um plano que já nasce falho pois sua esposa não o interessa mais, sua amante o abandonou, sua protegida se irrita com ele por suas atitudes (e por ser, provavelmente, a única que o entende em toda série) e suas atitudes só geram o caos a sua volta.

Pelo preview do próximo episódio, parece que a instabilidade causada pela presença dos novos companheiros depois da fusão só tende a aumentar. Vejam abaixo:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER