MDM 6×13 — In Care Of

I love then to death. I used to feel pity for then but now I realize we’re all in the same boat.”- Draper, Megan

Don está realmente com problemas! Estamos dizendo isso durante toda a temporada e essa season finale repercutiu bem sobre o quanto esses problemas podem arrasar um homem.

Sabe aquelas pessoas que, quando perguntados “Tudo bem?” respondem “Não, minha filha está doente, eu perdi o emprego…” ?Oversharing, sabe? Então… Tremendo e visivelmente alterado, ele não aguenta mais a pressão por esconder todos os traumas que carrega e resolve “se abrir” no meio de uma importante reunião

Uma pessoa com tantos problemas, tantas angústias como o protagonista, não conseguiria mentir para si mesmo e para o mundo por muito mais tempo. Ele está caindo rápido, fazendo uma excelente referência à abertura do show.

Sua relação com Megan (todas as mulheres de sua vida, na verdade), seu afastamento compulsório do emprego, sua relação com seus filhos… tudo está se destroçando. Terminamos essa temporada com o personagem completamente desamparado de tudo que possuía.

A dúvida que levantamos nas últimas reviews, se Megan entenderia com quem se relacionava, finalmente teve uma resposta. A instabilidade de Don, que joga com a vida da esposa, sem se importar muito com as consequências disso, só poderia ter um desfecho. Mas será definitivo? Ver Megan abandoná-lo fez Don lhe dizer que a ama. Até que ponto uma pessoa destruída emocionalmente como Don pode amar alguém? A ida para a Califórnia poderia ser um recomeço para os dois e ela apostou suas fichas nisso. Perdeu.

Mad Men finale s6

Ted também mostrou ser quem ele realmente era e, a despeito de tudo que sente por Peggy, preferiu se afastar em nome de sua família. Sua ida para Califórnia deixa Peggy numa posição de extremo destaque na SC&P. Ela, sentada na sala de Don, dizendo “é onde tudo está”, mostra a evolução da personagem. Profissionalmente, ela está no auge, apesar de sua vida pessoal estar estagnada. É o preço que se paga pelo sucesso em Mad Men.

Ben Benson continua seu jogo perigoso, colocando Pete em uma posição que o remove do jogo. Pete vai para a Califórnia e a maior conta da SC&P fica nas mãos do falsário! E sempre com um sorriso no rosto, um olhar bom e atitudes bacanas. Benson é alguém extremamente perigoso se infiltrando na agência devagar, com persistência e, por não demonstrar toda a inteligência que possui, se torna um adversário mais formidável ainda.

Um episódio bom, que encerra a temporada mais morna de Mad Men até agora — provável causa da queda de audiência que o show tem mostrado . Sua trilha sonora, com Moon River tocando na casa de Joan quando Roger, que foi “desconvidado” por sua filha, brinca com o filho de ambos, foi tocante.

A próxima temporada, última, segundo os produtores, marca o ano de 1969, fim da conturbada década de 60 e a derrocada final de Don… ou quem sabe sua salvação?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER