Me Chame Pelo Seu Nome

Me Chame Pelo Seu Nome: sequência começa a ser planejada

O diretor Luca Guadagnino planeja levar a sequência de Me Chame Pelo Seu Nome para 1989, e abordar a queda do Muro de Berlim e a crise de AIDS.

O romântico Me Chame Pelo Seu Nome está com uma semana e tanta! O longa do italiano Luca Guadagnino chegou ao Brasil na semana passada, e ganhou maior projeção agora com a indicação ao Oscar por melhor filme e melhor ator, para Timotheé Chalamet. Com esse sucesso todo, o público começa a pedir por uma sequência, e roteirista James Ivory já tem uma ideia do que vai abordar no próximo capítulo da trama.

O filme foi elogiado por seu visual exuberante, apresentações soberbas e por ser o raro e proeminente filme com temas homossexuais que não se concentra na morte ou na tragédia. Como o filme anterior do Guadagnino, Um Mergulho no Passado (2015), é uma história muito sexy, ambientada em um belo cenário europeu. Por isso, foi destaque nos principais festivais e premiações do cinema mundial.

Enquanto o texto original de André Aciman (do título original Call Me By Your Name) se ambienta em 1987, Ivory e Guadagnino levaram o enredo para 1983, quando o jovem Elio Perlman encontra pela primeira vez com Oliver, e os dois desenvolvem um romance pra lá de carinhoso. Por conta dessa mudança, o boom da AIDS acabou ficando de fora da narrativa, e isso pode mudar, caso a continuação seja aprovada.

Mas o que precisamos ver nas novas aventuras de Elio e Oliver?

Em entrevista ao site Collider, Guadagnino revelou que o próximo filme vai ser mais carregado de questões políticas, uma vez que Elio e Oliver vivenciarão o fim da Guerra Fria e a Queda do Muro de Berlim, em 1989. Mas para não mudar o clima do antecessor, questões como a AIDS e os direitos LGBTs, o colapso da União Soviética e os efeitos na cultura e na arte em geral serão traços marcantes deste novo possível filme.

A literatura e a música foram elementos que levavam a história em Me Chame Pelo Seu Nome, o diretor já tem uma ideia de como vai introduzir um tema tão delicado como a epidemia da AIDS no relacionamento de Oliver e Elio: “Eu acho que Elio será cinéfilo, e eu gostaria que ele estivesse em uma sala de cinema assistindo Once More de Paul Vecchiali. Essa poderia ser a primeira cena [na sequência]”, disse Guadagnino em entrevista no Los Angeles Film Critics Association Awards.

Isso indica que o jovem Elio vai viver a sexualidade plenamente neste segundo. Agora, resta saber como será o reencontro de Oliver com o amado nessa nova realidade.

Mas calma, não para por aí! Guadagnino já pensa em mais filmes da trama, com Timothée Chalamet e Armie Hammer reprisando os papéis, e mostrando como os personagens evoluem com o tempo: “Na minha opinião, Call Me pode ser o primeiro capítulo das crônicas da vida dessas pessoas que encontramos neste filme, e se a primeira é uma história de idade e tornar-se um jovem, talvez o próximo capítulo será qual é a posição do jovem no mundo, o que ele quer.”

Mais planos de Luca Guadagnino

As sequências não são uma realidade impossível – julgando pelo sucesso do título nas bilheterias americanas. Me Chame Pelo Seu Nome custou apenas US$ 3,5 milhões e já arrecadou mais de três vezes esse valor, mesmo antes de concorrer a quatro prêmios no Oscar 2018. Isso significa que pode haver um incentivo financeiro na produção, para acompanhar o que parece ser uma visão artística bastante clara de Guadagnino.

Enquanto o cineasta também tem projetos como o thriller Rio (estrelado por Benedict Cumberbatch e Jake Gyllenhaal) e Burial Rites (com Jennifer Lawrence) sob sua atenção no momento, ele é conhecido por ser muito prolífico e pode acabar facilmente desenvolvendo essa sequência dentro de um ano ou dois.

“Eu acredito que vou acabar fazendo um ciclo de filmes sobre esses personagens porque eu os amo muito. E eu acho que sua experiência de vida está madura para muitas, muitas aventuras”, notou o diretor.

Difícil não se animar com esses planos! Será que veremos um novo caso de Trilogia do Antes, de Richard Linklater?

Sobre o Autor

Leo Sousa

Séries de TV, filmes, realities shows, livros, música e mais. Editor no boxpop.com.br.

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!