Músicas de retorno: Grey’s Anatomy, Revenge e mais

It’s on, guys! Começou a fall season e, apesar de ainda faltar muita série para voltar, os retornos que aconteceram já nos encheram de ótimas histórias e, claro, ótimas músicas.

Grey’s Anatomy voltou depois de uma tragédia, mostrando o que aconteceu e deixando muitos fãs tristes com a série em si e com o caminho que está tomando; Revenge volta com novos plots de vingança e novos personagens para conhecermos; Fringe inicia sua temporada final com uma ótima premiere direto de 2036; How I Met Your Mother avança na história e pula direto para o tão esperado casamento.

E ainda temos The Good Wife que deixou o suspense e drama por conta de Kalinda e seu marido — e pode apostar que essa história vai render de maneira positiva; e finalmente Once Upon a Time voltou com um começo fodástico para uma história que, francamente, ninguém levava fé.

Já vou avisando que o texto abaixo contém SPOILERS e, se você ainda não assistiu a estes retornos, ouça apenas as músicas.

One Two — Without You (Grey’s Anatomy)

Vou começar com a maior decepção da temporada. É tão difícil depreciar uma série antigamente tão aclamada quanto Grey’s Anatomy, mas não tem jeito, quem segue a série sabe que o fim dado para a oitava temporada e a história montada para essa nona está sendo difícil de engolir. Achávamos que a morte de Lexy já era a pior coisa que poderia acontecer, e esquecemos de avaliar o que isso desencadearia. Nessa premiere também vimos Sloan morrer — ao som da música melancólica acima — e isso já era de se esperar pelos spoilers dados pela produção e elenco da série, ou até por lógica, já que Lexie e Mark eram um casal, e ficaria difícil vê-lo seguir em frente sem ela. Mas o que mais incomoda, se é que é possível, é o que está por vir: os dramas reciclados de Derek e Arizona. Derek aidna não consegue operar pois sua mão ainda não se recuperou do acidente (e não sabemos se irá recuperar, e é aqui que se encontra a reciclagem, pois essa história já foi usada pelo Dr. Burke) e Arizona teve sua perna amputada por sua própria esposa, perdendo a vontade de fazer qualquer coisa, inclusive trabalhar. Seu drama será se adaptar, provavelmente, a uma perna mecânica e conseguir voltar a trabalhar, mais ou menos como quando Cristina sofreu o trauma do tiroteio e teve que superá-lo, mas agora ao invés do bloqueio ser psicológico, ele é físico. Acho que quem não desistiu até aqui, não irá deixar a série, mas assistirá sabendo que ela nunca mais será a mesma.

Chromantics — Into The Black (Revenge)

Revenge estreou sua nova temporada no último domingo e voltou com tudo. Emily Thorne ainda está determinada a vingar seu pai, mas agora seu plano principal é saber o que aconteceu com sua mãe, e quem pode dar a resposta é Victoria Grayson, que ainda está viva, apesar de todos acharem que ela está morta. Todos, menos Charlotte e Emily, que agora corre risco por saber da verdade. A música acima encerra o episódio de estréia da segunda temporada, na sequência que Daniel observa Emily de sua varanda e Jack está deitado, de olhos abertos, ao lado de Amanda.

Yazoo — Only You (Fringe)

Fringe estreou muito bem sua última temporada, deixando os fãs extasiados com tanta qualidade na história, nas atuações e nos cenários criados para esta nova temporada, que se passa em 2036, quando os observadores comandam a humanidade. Não sabemos se haverá algum episódio de volta ao presente, mas duvido muito, pois esta é a temporada final e eles precisam dar um final dígno à melhor ficção científica dos últimos tempos. Essa premiere mostrou bem isso: ótima utilização do tempo que nos resta. A música acima fecha o episódio e toca quando Walter entra no táxi e coloca o CD para tocar, finalmente ouvindo alguma música, que ele tanto sentia falta, já que no futuro a música não é bem vinda.

Band Of Horses — The Funeral (How I Met Your Mother)

A oitava temporada de HIMYM começou direto do casamento de Barney e Robin, e de lá somos transportados para o passado novamente para dar continuação à história. Assim, vimos Barney e Quinn lidando com as coisas do casamento no presente, juntamente com as histórias de Lilly e Marshal tentando se adaptar à vida de pais, e Ted fugindo com Victoria. No futuro, temos Robin indecisa sobre seu casamento com Barney e, logo depois da decisão que ela tomou (e ainda não sabemos qual é), Ted vai para a estação de trem e lá encontra sua esposa. Mas é claro que também não vimos o rosto dela, apenas o já conhecido guarda-chuva amarelo.

Tally Hall — Mucka Blucka (The Good Wife)

Essa música cômica aí em cima tocou durante todo o novo episódio de The Good Wife, pois era a música que Zach estava ouvindo até o policial o parar na beira da estrada com suspeitas de drogas. O destaque dessa premiere, no entanto, fica totalmente por conta de Kalinda e seu marido, com sua relação doentia e perigosa, que, pelo que já podemos ver e pelo que nos dizem os spoilers que rolam pela internet, vai durar por pelo menos até a metade da temporada, e as coisas prometem ficar ainda mais intensas para o lado do casal.

Lou Reed — Charley’s Girl (Once Upon a Time)

Para encerrar essa coluna, temos uma série que nos surpreendeu em todas as maneiras possíveis. Primeiro, porque antes de sua estréia ninguém levava fé numa série que tinha como premissa a história de contos de fadas presos no mundo real. Nos enganamos completamente quando a série começou e sambou na cara de 100% dos telespectadores, mostrando que era muito melhor do que qualquer um podia imaginar. Ao encerrar sua primeira temporada, caímos novamente na dúvida quanto ao potencial que a série tinha para dar continuidade à história, já que o encanto se desfez. Neste domingo ficamos de cara novamente ao ver que os roteiristas não cansam de nos surpreender, apresentando uma história fantástica e uma boa história para toda a temporada. Outra supresa? Once Upon a Time nunca foi de ter músicas em seus episódios, mesmo porque não cairiam bem. Nessa premiere os primeiros minutos do episódio são embalados pela música de Lou Reed enquanto o homem misterioso (provavelmente filho de Rumpels) recebe um cartão postal dizendo que o feitiço sob Storybrooke se desfez.

Vou ficando por aqui, mas não se preocupem, ainda tem muita estréia pela frente e vou voltar com mais músicas boas para vocês! Até a próxima!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER