Narcos 1×02 — The sword of Simón Bolívar

A formação do Cartel de Medellín sentencia o poder de Pablo Escobar no comando do narcotráfico mundial

Escobar é um homem do povo. Gosto dele” — TORRES, Ivan “O Terrível”

Em The Sword of Simón Bolivar, Narcos continua com um episódio narrativo dos fatos. Aviso que essa proposta continua até o episódio 5, onde a dinâmica da história ganha um novo fôlego. Mas não se desesperem, a narração em off do agente Murphy, aliado à uma direção ágil de Padilha, só nos auxilia a entrar no mundo de Pablo Escobar e a entender o quadro social, político e econômico da América Latina e sua relação com os EUA.

O episódio tratou de mostrar a formação de duas frentes: o inicio dos trabalhos dos agentes do DEA na Colômbia, com a chegada de Murphy no país somando força às estratégias do agente Javier Peña. E, por outro lado, a proposta de Pablo Escobar aos demais traficantes de criarem uma organização, o que mais tarde ficou conhecido e temido, Cartel de Medellín.

Como Murphy ressaltou no piloto, nem ele e nem os EUA tinham, no início, a dimensão do poder de Escobar e nem do império do pó que se tinha transformado a Colômbia. E isso fica evidente nesse episódio devido a certa inocência dos agentes em saber lidar com suas fontes, seus recursos junto a Embaixada Americana e o poder dos traficantes junto à policia e a mídia local.

O problema não é mais a demanda e sim a oferta” — Agente Murphy

narcos1x02

Se os “mocinhos” do DEA ainda estavam conhecendo o território, Pablo e sua turma já estavam léguas à frente. Nessa época, o narcotráfico movimentava certa de 5 bilhões de dólares por ano. Ou seja, era muita grana para passar despercebido. Assim, Escobar, os Irmãos Ochoa e Cia circulavam entre os homens mais ricos do mundo, segundo a revista Forbes. Era o que bastava para chamarem a atenção do mundo.

Entre as mil facetas para lavarem todo esse dinheiro, entre em cena o M-19, uma organização de guerrilha urbana, surgida nos anos 70, formada por jovens de classe média, intelectuais desiludidos com a esquerda tradicional. Ou seja, era a extrema esquerda contra a esquerda. Um dos mais famosos atos do M-19 foi o roubo da espada de Simón Bolívar do Museu Quinta de Bolívar, em Bogotá. Fato histórico que dá nome a esse episódio de Narcos.

O M-19 entra na vida de Pablo Escobar ao sequestrarem um familiar dos Irmãos Ochoa. Se o fato é verídico não sabemos, mas pode ter sido uma forma encontrada por Narcos para explicarem a relação futura entre Escobar e os integrantes do movimento. No livro Pablo Escobar — Ascensão e Queda do Grande Traficante de Drogas (Editora Planeta), do jornalista e ex- prefeito de Medellín, Alonso Salazar, o autor ressalta a relação da esquerda extremista colombiana com Pablo Escobar, que, por sinal, se dizia esquerdista. “O Movimento 19 de Abril manteve relações estreitas com o narcotraficante. Líderes do M-19 admiravam o criminoso e eram idolatrados pelo ser que se julgava uma espécie de Estado em forma de homem. O Luís XIV da cocaína”, relata o autor.

Fato é que o sequestro ocorrido com a família Ochoa foi o motivo ideal para que Pablo Escobar propusesse aos seus companheiros a criação de uma organização para combater os sequestros. Naquele momento, Pablo, junto com seu primo Gustavo, Gacha, Os Ochoas, Carlos Lehder e Fernando Galeano decretavam formado o Cartel de Medellín e o resto é história.

O que proponho nesse momento, senhores, é a formação de uma organização. Juntar recursos para treinarmos soldados, trocarmos conhecimento e comprarmos informações” — Pablo Escobar.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER