O antagonista Kevin Bacon

Ficha Corrida

Nome completo: Kevin Norwood Bacon

Idade: 54 anos

Altura: 1,79m

Signo: Câncer

Estado civil: Casado

Casos de família: Tem uma banda com o irmão Michael

Curiosidade: Nunca morou em Los Angeles

Um operário da indústria do entretenimento

É assim que o próprio Kevin Bacon se intitula, afinal, não importa o papel — vilão ou mocinho, protagonista ou coadjuvante — ele está sempre disposto a continuar fazendo o que ama.

Nascido em 8 de julho de 1958 em uma família bastante unida da Filadélfia — composta pela mãe Ruth — uma professora de escola infantil, Edmund — um respeitado arquiteto, e seus cinco irmãos, Bacon começou a se interessar pelas artes no colégio e, aos 16 anos, ganhou uma bolsa para um curso de teatro de cinco semanas na Bucknell University, experiência que solidificou sua paixão.

Um ano depois, Bacon deixaria sua casa para trás para perseguir uma carreira no teatro em Nova Iorque, mas sua primeira grande chance surgiria apenas dois anos depois , no cinema, onde o ator estreou com O Clube dos Cafajestes.

Infelizmente, a comédia não trouxe a fama que o ator esperava e ele voltou a servir mesas e fazer testes para pequenos papéis no teatro. Ele até fez algumas participações em filmes para TV e um arco de sete capítulos na soap opera The Guiding Light, mas ele só voltou às telonas em 1980, com o agora cult Sexta-Feira 13.

Nesta época, ele recusou uma oferta para participar de uma série baseada em Clube dos Cafajestes, porque teria que se mudar para Los Angeles e o ator não queria ficar longe dos palcos de Nova Iorque. Na verdade, diferente da maioria dos atores, Kevin nunca morou na cidade do cinema.

A estreia na Broadway aconteceu em 1982, com Slab Boys, ao lado dos então-desconhecidos Sean Penn e Val Kilmer. No mesmo ano, Kevin fez Quando os Jovens se Tornam Adultos, filme de Barry Levinson pelo qual ele chamou a atenção do público e da crítica pela primeira vez.

Movido pelas boas críticas, Bacon foi escolhido para ser o protagonista do sucesso Footloose, em 1984. Para se preparar para o papel, Kevin chegou a se matricular em uma escola para estudar o comportamento dos adolescentes. Vale lembrar que Kevin tinha 26 anos quando atuou no filme.

A fama chegou, mas ela acabou limitando os papéis oferecidos ao ator, sempre muito parecidos com os dois que ele interpretou em Clube dos Cafajestes e Footloose. Para não ficar marcado para sempre, ele optou por escolher papéis bem diferentes — como o vilão de Águas Perigosas — o que acarretou em uma queda em sua popularidade.

Em 1990, porém, o ator conseguiu dois papéis de sucesso — na comédia de horror O Ataque dos Vermes Malditos e no drama Linha Mortal , no qual contracenou com Kiefer Sutherland (24 Horas).

Há dois tipos de atores: aqueles que dizem que não querem ficar famosos e aqueles que são mentirosos.”

A partir daí, Kevin percebeu que teria que abrir mão de ser o protagonista em filmes de grande orçamento se quisesse continuar trabalhando em projetos de qualidade. E foi assim que ele deu vida a um michê em JFK — A Pergunta que Não Quer Calar de Oliver Stone, a um advogado militar em Questão de Honra, ao lado de Tom Cruise e Jack Nicholson, e ao vilão de Rio Selvagem, contracenando com Meryl Streep, filme que lhe rendeu sua primeira indicação ao Globo de Ouro.

A carreira de Bacon continuou de vento em popa no cinema. Dos filmes em que atuou entre 1995 e 2008, podemos destacar Apollo 13, Sleepers — A Vingança Adormecida, Paixão de Ocasão, Garotas Selvagens, Ecos do Além, O Homem sem Sombra, Sobre Meninos e Lobos, O Lenhador, Verdade Nua e Frost/Nixon.

Durante todo este tempo, seu trabalho na TV se resumiu a uma aparição no segundo episódio da quinta temporada de Will & Grace, em 2002, interpretando uma versão exagerada dele mesmo. Mas quando o ator resolveu voltar para telinha de verdade, ele arrasou.

Em 2009, ele foi o protagonista do filme da HBO, O Retorno de um Herói (Taking Chance), baseado na história escrita pelo Tenente-Coronel Michael Strobl, um veterano da guerra do Golfo. Pelo papel, Kevin ganhou um Globo de Ouro e um SAG, além de ter sido indicado ao Emmy.

Em julho de 2010, Kevin foi confirmado no filme X-Men: Primeira Classe, no papel do mutante (e vilão) Sebastian Shaw. O filme estreou em 2011, assim como a comédia romântica Amor a Toda Prova, na qual ele trabalhou com Steve Carell (The Office) e grande elenco.

O próximo trabalho de Kevin promete ser desafiador em vários sentidos. Pela primeira vez, Kevin vai protagonizar uma série de TV, na qual viverá o mocinho. A aguardada The Following– que mostrará o ator como um policial perseguindo um serial killer e seus seguidores — estreará na próxima segunda-feira, dia 21, na Fox americana.

Para os desavisados, vale lembrar que Kevin é casado desde 1988 com Kyra Sedgwick, a protagonista de The Closer. Os dois se conheceram no set do filme da PBS, Lemon Sky. O casal tem dois filhos — Travis (23) e Sosie (20) e moram em Nova Iorque.

Por conta de sua prolífica carreira nas telas, Bacon virou tema de um jogo chamado “Seis Graus de Kevin Bacon”, no qual qualquer ator de Hollywood pode ser ligado a outro em, no máximo, seis graus, usando Kevin como ponto de ligação.

Se você quiser saber como funciona, joga no Google o nome de um ator qualquer, seguido das palavras “Bacon Number” e o site lhe dará a resposta. Não consegui achar ninguém acima do número 2, o que só comprova que Kevin é realmente um grande operário.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER