O caçador — Capítulo 2

(…) Um provérbio que diz para nunca xingar a mãe de um crocodilo até ter atravessado o rio.” — Didier

No segundo episódio, O Caçador conseguiu desenvolver melhor a trama paralela à trama principal da série: o trabalho de André como investigador. Foi-nos mostrado como funciona e nos permitiu conhecer mais sobre a personalidade do personagem. Mas mesmo assim a série não avançou. Não sei se parte disso é um pouco de preconceito meu por ser uma série brasileira tentando montar uma historia que funciona bem em séries americanas, mas é nítido o despreparo para um programa como esse.

O foco em André cansou, até porque o personagem não tem carisma nenhum, além de ser instável, sem faro e não convencer. O endeusamento do personagem fica nítido no episódio. O cúmulo foi a cena em que dois caras em cima de uma moto se aproximaram dele numa rua escura, um dos caras possuía uma metralhadora e não parava de atirar, André não se moveu, não foi baleado e conseguiu com um revólver acertar e matar os dois. E o pior é que saiu da cena sem nem se preocupar em olhar o rosto, ou procurar documentos dos homens que estavam tentando matá-lo. Apenas saiu dali como se nada tivesse acontecido. Mais tarde pela televisão ele descobriu que quem estava por trás do ataque eram policiais. Como assim, um policial com uma metralhadora não consegue acertar um alvo parado? E pior é, esse mesmo alvo sair ileso e vencedor do duelo com apenas um revólver na mão! Coisas assim que não convencem o telespectador, e não conseguem fazê-lo comprar a história da série.

o caçador 1x02

Com toda essa necessidade de ter o centro das atenções em André, outros personagens não se desenvolvem e fazem apenas aparições pequenas na série. Foi o que ocorreu com Cléo pires e Alejandro Claveaux, que parecem ser figurantes. A cena de André com o irmão Alexandre é boba e de novo, não acrescenta nada, sendo que o personagem tem bagagem e tem história pra contar, e provavelmente está envolvido na prisão de André. Já falei sobre o ator Alejandro Claveaux e acho um desperdício não ser usado na série com mais frequência ou ter uma cena de destaque sem que André esteja no meio.

Além disso tudo, o caso da semana não animou e foi no mínimo previsível, e mais uma vez, André não moveu uma palha, quem fez todo o trabalho foi Vanessa. Se não fosse por ela André não saberia nem o nome do homem que procurava.

O caçador tem história interessante, atores e atrizes interessantes e mesmo assim continua a decepcionar. Cauã Reymond é o personagem principal, mas não precisa ser o centro da série. Não precisa estar envolvido em todas as cenas e não precisa ter esse comportamento instável e infantil só para construir a imagem de um anti-herói.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER