O FBI de The Following: realidade ou ficção?

Uma das séries mais comentadas do início de 2013 terminou sua temporada de estreia na semana passada. Não há que se negar que The Following chegou fazendo barulho. Mais ainda: criando muitos seguidores. Ironicamente, o título da série e a história abordam um time de seguidores psicóticos e seu “líder” messiânico e assassino, que juntos criam uma seita. Todos ali vivem felizes e saltitantes em uma espécie de “Escola Xavier Para Jovens Superdotados” (no caso aqui, uma casa que abriga um bando de assassinos). Até aí, aceitável. Afinal, no mundo de hoje, o que nos deparamos a cada dia é a bizarrice de pessoas que cometem atos totalmente estranhos. Mas uma das maiores críticas que The Following vem recebendo é sobre a estranha “lerdeza” de seus agentes do FBI. E então é que nos fica a pergunta: até onde a ficção deve limitar sua realidade?

É engraçado tocar neste assunto, em dias tão próximos à explosão de uma bomba em Boston (EUA), durante uma maratona. Assistimos em menos de quatro dias muitas notícias e uma caçada aos possíveis autores deste atentado, que durou menos que um dia. E não por menos, foi comentada por todo o mundo: TVs norte-americanas, canais fechados no Brasil, jornais de veiculação nacional… Todos cobrindo isto que acabou por virar um “evento”. Dentre dois irmãos suspeitos da explosão em Boston, um morreu e o outro está internado em estado grave. O FBI e a CIA, em um trabalho conjunto, montou um cerco que muita gente aplaudiria.

THE FOLLOWING FBI1

Com todas essas questões da caçada, não tem como não criticar a lenga-lenga que The Following nos apresentou. Tudo bem que eles não são tão fodões como um Jack Bauer (24 horas) da vida, mas também não precisa se reduzir a um Detetive Machado (Ringer), não é verdade? O problema é que The Following tem testado a paciência do espectador, a ponto de ser perdida facilmente. Kevin Williamson tem uma brilhante história nas mãos. Mas o medo de perder as histórias tão rapidamente, e em consequência, seus fãs, está causando justamente este efeito. O FBI desta série é extremamente inútil. A esta altura, Kevin Bacon já deve estar começando a ficar com vergonha das burrices de seus personagens e seus coleguinhas de caçadas.

O episódio em que Jacob e Paul conseguem escapar da casa onde faziam Joel de refém, assim como Emma que consegue ir ao encontro de Joe, é no mínimo irônico. Como que, com uma casa totalmente cercada pelo FBI, helicópteros, tudo mais, e esse povo consegue escapar? Como que eles conseguem infiltrados nestas forças-tarefa tão facilmente? É interessante comparar e se questionar algo do tipo “isso aconteceria se fosse verdade?”. A impressão que a série passa é que hoje ser bandido é uma coisa tão fácil e banal, e que você, com um pouco de charme, consegue se livrar das consequências facilmente!

THE FOLLOWING FBI2

É uma série de TV? Sim. É ficcional? Ok. Mas tudo tem um limite, não é verdade? Tio tio Kev (alcunha a qual os adorados fãs de The Vampire Diaries e Dawson’s Creek gostam de o chamar) poderia largar um pouco o “padrão CW de qualidade” que ele trouxe para a FOX e expandir um pouco seus horizontes. Estas “escapadas” genais dos antagonistas da série cairiam muito bem em The Vampire Diaries, mas aqui já estão ficando extraordinárias demais. Coisas que, talvez, nem Osama Bin Laden conseguisse fazer.

Obviamente, não precisamos defender que hoje em dia não poderia acontecer algo semelhante. Afinal, por mais que talvez haja uma propaganda “sensacional” por parte dos EUA sobre a eficácia do FBI, ele não é 100% como dizem. Entretanto, os produtores de The Following precisam pensar em uma saída urgentemente. Porque continuar trabalhando na linha “podemos enganar o FBI a todo o momento” conseguiu ficar mais do que desgastada em praticamente uma temporada, para uma série que prometia mostrar uma realidade que, com certeza, vive no meio de nós.

Pois bem, a temporada de The Following terminou. O FBI ficou a ver navios e os telespectadores também. Não se tem ideia do que Kevin Williamson está pensando para a segunda temporada, mas do jeito que a história começou a ser conduzida, até um prequel mutante produzido pela CW estaria sendo escrito com mais “verossimilhança”. Alguém arrisca?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER