O Grande Gonzalez 1×08 — O Pai

Com um roteiro fino e metáforas cortantes, O Grande Gonzalez engole faca e cospe fogo no reluzente O Pai.

Espera um pouco. Ele é de chocolate ou de licor?” — WAGNER, O Policial.

No começo de O Pai, os policiais demonstram confusão sobre o modo como o pai do aniversariante conta sua história. Acontece que ele entra em um fictício ‘mundo do chocolate’ toda vez que sua mulher e a infieldade dela são mencionadas. Só que os policiais estão mais interessados nos detalhes da metáfora do que no segredo que ela disfarça.

Este é o grande tema do episódio: metáforas. Ao mesmo tempo em que Camilo viaja pelo seu ‘mundo do chocolate’, Gonzalez tenta sobreviver a uma noite na sala de espera, com os outros suspeitos esperando que ele revele quem é o verdadeiro assassino do outro Gonzalez.

O modo como os suspeitos rejeitam as respostas nervosas de Gonzalez reflete muito bem o tipo de público que O Grande Gonzalez vai atrair: pessoas que não se importam com o personagem, mas sim com a resolução.

luis-loblanco-gonzalez-o-grande-gonzalez-o-pai-1x08

Considerando a minha crítica do episódio Gonzalez 1×02, a metáfora acabou acertando bem perto do coração. Afinal, Gonzalez em si (e logo, a série) nunca prometeu uma resposta. Talvez a intenção original era criar um veículo para demonstrar as habilidades humorísticas dos membros do Porta dos Fundos em um contexto de maior duração.

Só que as ações do vendedor de ‘cachorros quentes’ acabaram criando uma fome por uma resposta que Gonzalez nunca teve (talvez ele seja uma alusão a própria FOX, que começa todo trailer com ‘quem matou Gonzalez?’). Até quando a série providencia uma resposta que faz sentido, os espectadores a rejeitam, demandando uma outra revelação.

Toda a cena na sala de espera é muito bem atuada, dirigida e editada. Mas ela possui o vazio do episódio ‘enchedor de linguiça’. As desculpas de Gonzalez tomam uma conotação meta textual quando se observa que a separação entre a sala de interrogação e a sala de espera existe no mundo fisíco e no mundo narrativo. Nada na sala influencia a investigação.

O que O Pai coloca em questão é se talvez estivéssemos ignorando o ponto de tudo isso. Por exemplo: os policiais, incapazes de entrarem no ‘mundo de chocolate’ de Camilo, tiveram uma visão do episódio muito diferente. Eles viram apenas as partes que moveram a narrativa do assassinato de Gonzalez, mas eles não viram a transformação por qual Camilo passou.

E é uma transformação importante. As cenas no ‘mundo de chocolate’ são engraçadas e explicam porque Camilo aceita o assédio de sua esposa sem ao menos soltar o piu enquanto mostram o seu personagem evoluindo. Você pode tirar essas cenas e chegar à grande revelação do episódio? Sim. Mas O Pai mostra que fazer isso é ver O Grande Gonzalez com os olhos errados.

Talvez esta introspecção sobre a série em si seja o resultado do conteúdo dos próximos dois episódios. Estamos chegando ao final da história. O próximo a ser interrogado será o palhaço (novamente), e depois todos os nós serão amarrados e todo o mistério será solucionado. O Pai, no entanto, usa esse tempo para propor uma outra interpretação da série.

Para o episódio, O Grande Gonzalez não é sobre a morte do mágico, a corrupção do palhaço, os casos da madrasta, nada. O Grande Gonzalez é, em sua essência, uma série de janelas para a vida de figuras que vemos no dia a dia, com uma moldura de série de policial.

Só que a história policial é a moldura. Ignorar o quadro e levar a moldura é ridículo, mas é o que nós, com nossos cérebros condicionados por série atrás série, fazemos ao analisar O Grande Gonzalez com uma perspectiva funcional. A série está mais interessada em providenciar um olhar humorístico daquilo que faz da nossa sociedade uma criatura única.

Ou talvez não. Pode ser que a série queria mesmo é fazer um episódio em que um homem come pessoas feitas de chocolate. Talvez a teoria de que a série é um comentário social com humor negro e não um mistério policial seja o meu mundo de chocolate. Essa é a graça de um material com tantas camadas como O Grande Gonzalez: pode ser que ninguém veja o seu ‘mundo do chocolate’, mas a transformação pela qual você passa dentro dele vai te tornar uma pessoa diferente.

E feita de chocolate.

O que você achou de O Pai? Dê a sua nota abaixo e comente!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER