O Inspirador Joy: O Nome do Sucesso

Joy: O nome do Sucesso é o mais novo trabalho de Jennifer Lawrence, dirigido por David O. Russell e é uma inspiradora história de vida.

Não estou atrás de um príncipe encantado!” — MANGANO, Joy

No mundo do cinema certas parcerias parecem que foram feitas para darem certo, como é o caso de Martin Scorsese e Leonardo Di Caprio, Steven Spilberg e Tom Hanks e agora a mais nova parceria é entre o diretor David O. Russell e a atriz sensação, Jeniffer Lawrence. Depois de conquistarem a crítica e o público em O Lado Bom da Vida e também em Trapaça, a dupla chega ao seu terceiro filme: Joy — O Nome do Sucesso.

O longa conta a história real da inventora americana Joy Mangano (Lawrence). Filha de pais separados, Rudy (Robert De Niro) e Terry (Virginia Madsen), divorciada e mãe de três crianças, Mangano se vê sem perspectiva de futuro, cheia de dívidas, e tendo que aturar uma família conturbada.

É neste cenário que ela decide investir na sua ideia, o “Miracle Mop” (esfregão milagroso) em meados nos anos 90. Ela não sabia disso na época, mas seria responsável por mais de 100 patentes registradas e se consagraria como inventora e empresária de sucesso.

Joy-2015-Movie-Wallpaper-36

David O. Russel sempre teve a capacidade de contar histórias sobre pessoas que estavam em seu limite máximo e que em um determinado momento conseguem encontrar a forma de dar a volta por cima. Aqui em seu novo longa não é diferente, mas em vez de termos diversos personagens em busca de uma nova oportunidade ou de um recomeço, nós temos a corajosa e determinada Joy.

O diretor, que também escreveu o longa, tomou um rumo diferente para contar a história dela. Quem alguma vez já assistiu a telefilmes sobre mulheres que conseguiram mudar de vida e assim inspirar outras pessoas, certamente vai encontrar nesse longa diversos elementos característicos desse gênero. Isso é ruim para o mais novo longa de O. Russel? Não, pois o filme consegue ter mais empatia e ritmo que o seu arrastado Trapaça. Impossível não ter alguém dentro da sala de cinema que não fique torcendo pelo sucesso de nossa protagonista, pelo simples fato da simpatia da personagem e também pelo desempenho da atriz Jennifer Lawrence.

O elenco do filme conta com três grande nomes que já haviam trabalhado com o diretor em outros longas: Jennifer Lawrence dando vida a nossa protagonista, Bradley Cooper como seu amigo e também a pessoa que apostou no talento de Joy e Robert De Niro, que vive o complicado e às vezes temperamental pai da jovem.

Temos que começar dando o destaque para Jennifer Lawrence, que a cada trabalho que passa consegue se sair cada vez melhor. Está certo dizermos que ela sempre será a nossa Katniss, mas a atriz não vai ficar pra sempre marcada como a personagem de uma série adolescente. Pelo simples fato que em todos os papéis que ela interpreta, acaba ganhando o destaque merecido. Em Joy não é diferente, mesmo não tendo a força que a personagem de Jogos Vorazes tem, ela nos entrega uma performance que pode render o segundo Oscar.

Bradley Cooper está presente no filme apenas como figuração, mesmo seu personagem tendo uma certa importância para o desenvolvimento da história enquanto Robert De Niro, presente na maior parte do tempo do longa, consegue despertar o contrário no público. O pai da protagonista é irresponsável e explosivo, além de nunca acreditar no potencial da filha mais nova.

O restante do elenco é composto por Virginia Madsen, dando vida à mãe da protagonista (ela rende diversos momentos hilários do longa, devido a sua obsessão às telenovelas), Isabella Rosellini, Édgar Ramírez e a atriz Diane Ladd, que dá vida a segunda personagem mais importante do longa, a avó de Joy, Mimi. Certamente ela levará você as lágrimas em determinado momento.

Joy: O Nome do Sucesso é uma divertida, emocionante e encorajadora história de vida, que certamente irá inspirar a vida de homens e mulheres a nunca desistirem de seus sonhos. As duas horas de projeção conseguem ser muito mais bem aproveitadas que nos longas anteriores, Trapaça e O Lado Bom da Vida, já que tem uma história mais envolvente e de fácil apelo entre o público.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER