O que os atores estão nos dizendo

Vencedores dos SAG Awards dão um recado interessante para o Oscar.

No último domingo, dia 29 de janeiro, aconteceu a cerimônia de premiação do Screen Actors Guild, o SAG Awards! Para quem não sabe, o SAG é o sindicato dos atores americanos e premiam as melhores atuações do ano. Para muitos, é considerado um termômetro para o Oscar e, geralmente, costuma ser mesmo.

Acontece, que este ano, o SAG acabou dando uma grande balançada em alguns tidos como favoritos e confirmaram algumas certezas que temos! Então vamos ver quem praticamente já carimbou seu Oscar?

A dona da porra toda

Os coadjuvantes da vez

Se há uma certeza no Oscar deste ano, esta atende pelo nome de Viola Davis. Muitos enxergam a interpretação da estrela de How to get away with murder em Um limite entre nós (Fences) como protagonista do filme, mas, ao decidir colocá-la na categoria de coadjuvante, eliminou toda concorrência que Viola pudesse ter pela frente. Detentora da maioria dos principais prêmios até o momento, a atriz chega como franca favorita da categoria.

Nada mais justo, afinal, todos nós conhecemos o talento incomparável de Viola e sabemos que a Academia está em dívida com ela desde Histórias Cruzadas (ela havia ganhado o SAG, mas a Academia a preteriu em favor de Meryl Streep pelo pavoroso Dama de Ferro). Agora é o momento de laureá-la e ninguém ficará bravo com isso.

Tido como um dos principais rivais de La La Land, o SAG confirmou um dos únicos prêmios certo para Moonlight. Trata-se de Mahershala Ali. O ator vive um grande personagem no filme e também carimba seu passaporte ao Oscar. Ali é um dos maiores vencedores da temporada e o SAG apenas confirma isso.

Dá pra usar isso para quebrar pedras?

A batalha dos protagonistas

Duas foram as surpresas vividas nos SAG e isso acaba apontando alguns rumos. A primeira delas foi a premiação de Denzel Washington como Melhor Ator por Fences. E por que isso foi uma surpresa? Até o momento, o grande premiado da temporada era o irmão de Ben Affleck, o Casey.

A vitória dele no SAG era dada como certeira, mas eis que havia uma pedra no meio do caminho. E que pedra, hein! Se tem um ator que pode atrapalhar Casey no Oscar, esse é Denzel Washington. E, sinceramente, ele é uma aposta segura em dias cinzentos.

Muitos têm dito que Casey tem o papel de toda uma carreira. É uma afirmação um tanto exagerada. Soma-se a isso as acusações de assédio que, quer queira, quer não, acabam respingando um pouco na imagem da Academia ao premiar alguém nesse perfil.

A escolha segura é mesmo Denzel Washington. O ator, que também dirige Fences, entrega uma atuação consistente e mostra ser competente ao adaptar a peça de mesmo nome para as telonas. Além disso, é um sujeito não envolvido em polêmicas e querido por todos.

Outra grande surpresa foi a vitória de Estrelas além do tempo como Melhor Elenco. O filme é o mais fraco dos nove indicados ao Oscar e, ao premiá-lo, os atores de Hollywood confirmam uma lógica de sempre premiar uma produção secundária.

O mais esperado era que Moonlight levasse o prêmio e dificultasse um pouco as coisas para La La Land, já que é um dos concorrentes diretos à estatueta de Melhor Produção. Não foi o que aconteceu. E, com a vitória no PGA (Sindicato dos Produtores), o musical de Chazelle abre ainda mais o caminho para ganhar o Oscar.

Adivinha quem não tem que correr atrás do prejuízo?

Emma Rocha

Muitos saúdam a vitória de Emma Stone como Melhor Atriz por La La Land e dão como certa a repetição no Oscar. No entanto, é preciso ponderar alguns pontos. O primeiro deles é que La La Land é o filme do momento e não poderia sair do SAG de mãos abanando. O único prêmio que levaria era esse mesmo.

Outro fator é que Isabelle Huppert, a francesa que pode tirar o Oscar de Stone, não é afiliada ao Sindicato e, portanto, não pode ser indicada. A Academia pode entender que Stone terá outras chances reais de vitória a curto prazo (ela está envolvidas em muitas produções com cheiro claro de Oscar) e decidir premiar Huppert. Lembrando que não seria novidade o prêmio de Melhor Atriz divergir entre o SAG e o Oscar.

Naturalmente, as chances de Huppert são bem pequenas e, por se tratar de um filme coqueluche, La La Land pode papar tudo. Mas o SAG conseguiu deixar a disputa não tão certa e conferir um pouco de imprevisibilidade a uma festa tão previsível quanto é o Oscar!

Tomou?

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!