Orphan Black 2×05 — Ipsa Scientia Potestas Est

Você salvou minha vida. Você é minha irmã.Helena, eu pensei que eu tinha te matado. Não podia contar a ninguém o que eu perdi.” — MANNING, Sarah

Algumas alianças surgem nas horas mais inesperadas e das formas mais imprevistas. Em mais um magnifíco episódio, Orphan Black mostrou que, no fim das contas, mais do que lados opostos, as pessoas têm interesses em comum e podem se unir, mesmo que temporariamente, para conseguir o que querem.

A começar por Sarah e Helena. Essa á uma relação que vem sendo construída desde a primeira temporada, especialmente quando elas ficam sabendo que são irmãs gêmeas. É claro que a primeira reação é a de que Helena é uma psicopata treinada para matar clones. Mas já ficou evidente que, no fundo, ela é uma alma solitária, de quem foi tirada toda a alegria de viver ao sofrer uma verdadeira lavagem cerebral.

A cena entre as duas, com Sarah fazendo de tudo para impedir que Helena atirasse em Rachel e Paul foi simplesmente sensacional. Sarah soube pegar no ponto fraco de Helena — o desejo de ter uma família — para convencê-la de não fazer aquilo. À primeira vista podemos pensar que foi apenas uma manipulação, mas no fundo eu acho que tem um quê de verdade nas palavras de Sarah. E eu acredito que ela tenha sofrido mesmo ao atirar em Helena no final da primeira temporada.

orphan black 2x05

Aliás, toda essa sequência foi maravilhosa. A forma como eles alternavam entre Helena montando a arma e a conversa entre Paul e Rachel foi sensacional. Ume edição muito bem feita!

Já Rachel, para conseguir o que quer, está jogando sujo, e agora com Paul a seu lado. Diferente de Leekie, ela é mais fria em suas ações, e não medirá esforços para colocar as mãos em Sarah, Kira e Helena. Ela é tao focada no seu papel na coordenação que encara de forma natural o fato de ter um monitor. E, como ela mesma disse, a diferença entre ela e as outras clones é que ela tem a vantagem de saber de tudo desde criança. Mas me pergunto se ela sabe que o pai está vivo e se Paul contará isso a ela quando descobrir.

Aliás, Paul é o personagem mais confuso e volátil dessa série, pois cada hora está trabalhando para alguém. Fica difícil confiar em uma pessoa assim, ainda mais depois da cena final, em que ele disse que relataria o que descobrisse a Leekie, em primeiro lugar. Resta saber se em algum momento ele tomará partido definitivamente.

E Leekie provou nesse episódio que o que importa para ele são os experimentos, e por isso ele fará qualquer tipo de acordo para manter os clones saudáveis e seguros. Quando ele revelou a Cosima sobre a pesquisa com as células-tronco, fiquei na dúvida se ele estava realmente sendo sincero ou estava tentando manipulá-la em seu favor. Mas depois que ele resolve continuar o tratamento e se encontrar com Sarah, ele merece um voto de confiança — até ele mudar de lado novamente.

Outro ponto do episódio que merece ser comentado é a aproximação entre Cal e Kira. Toda essa mudança repentina certamente mexeu com a cabeça da menina, a ponto de não querer falar com Sarah pelo computador. Como pouco sabemos sobre ele, fica difícil cogitar se ele está sendo apenas cuidadoso com Kira ou está, aos poucos, fazendo a cabeça da menina contra a mãe. Mas logo devemos saber mais sobre as intenções dele, já que Rachel está atrás dele, pois Cal pode ser a chave para descobrir por que Sarah pode ter filhos.

Por falar em filhos, Henrik realmente conseguiu fecundar o óvulo de Helena, e agora vai com tudo atrás dela para carregar o filho. Esse é um ponto interessante de ser abordado, pois se Sarah e Helena são irmãs gêmeas e ambas podem ter filhos, o que será que elas têm de diferente? Eu até desconfiaria que elas poderiam ser as originais, mas como Rachel parece ser mais velha que elas, eu não acho que seja provável.

Orphan Black chega à metade de sua temporada com uma história consistente e episódios de tirar o fôlego. Mantendo o ritmo da temporada anterior, a série sempre deixa uma ansiedade no ar para o próximo episódio. Que continue assim!

PS¹: A casa de Felix é uma baderna mesmo! Todo mundo acaba lá, coitado!

PS²: Saudades, Alison!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER