Os 5 melhores presidentes das séries

Semana passada, os americanos foram às urnas escolherem seu presidente. Apesar de um suspense que não durou muito tempo, Barack Obama foi reeleito e terá o direito de permanecer mais quatro anos no poder e conduzir a nação americana com muita integridade de caráter.

Não, você não está lendo nenhuma nota de política internacional em algum site so boring. Você está acompanhando a sua coluna que elenca os cinco melhores de alguma área. E aproveitando o gancho (essa coluna é sempre muito oportunista), que tal colocarmos aqui os cinco presidentes mais marcantes da teledramaturgia?

E é bom avisar que o Box de Séries não tem preconceito com qualquer tipo de presidente. Boralá então?

5º Paulo Ventura (Domingos Montagner), O Brado Retumbante

O Brasil tem o seu representante oficial. O país, que não tem muita tradição em presidentes na teledramaturgia, emplacou um político em nossa lista, após um eficiente trabalho na série O Brado Retumbante. Em um país fictício, Paulo Ventura é um deputado de oposição ao governo que preza pela honestidade. Em uma tentativa de coagi-lo, um grupo de políticos corruptos o elege presidente da Câmara dos Deputados. Como o presidente da república e o vice morrem em um acidente aéreo, Ventura assume o posto máximo da política do país. Trava uma verdadeira cruzada contra a corrupção, desejando, não tirar os bandidos do poder, mas mandá-los para a cadeia. Uma abordagem realista que deveria ser seguida pelos reais presidentes desse país.

4º Laura Roslin (Mary McDonnel), Battlestar Galactica

Ela era secretária da educação. Foi diagnostica com um câncer de mama que ameaçava sua vida. Única sobrevivente do antigo gabinete presidencial das colônias destruídas pelos Cylons, Laura Roslin (Mary McDonnell) acabou sendo nomeada presidente civil, em uma cena emblemática, que remetia à nomeação de Lyndon Baines Johnson após o assassinato de John Kennedy. Com bravura, comandou o que restou da humanidade sendo sua líder política e espiritual. Um exemplo de coragem!

3º Allison Taylor (Cherry Jones), 24 Horas

Ela foi a última a ocupar o posto de presidente dos Estados Unidos na extinta 24 Horas. Com um visual muito próximo de Hillary Clinton (especialmente o cabelo), Allison era uma idealista e mostrou-se bastante coerente em sua linha presidencial. Manteve firmeza quando necessário e não poupou ninguém de sua honestidade, nem quando eram membros de sua própria família envolvidos em situações desabonadoras. Uma presidente que poucos esquecerão (especialmente Jack Bauer, o mais prejudicado pelo caráter íntegro de Allison Taylor).

2º Jed Bartlet (Martin Sheen), The West Wing

O presidente Josiah “Jed” Bartlett (Martin Sheen) pode ser considerado o presidente dos sonhos de todo americano (e acredito que do sonho de qualquer cidadão que queira ver seu país sendo bem comandado): inteligente, letrado, ético e sensato em suas decisões. Mas Batlet tinha cacife para estar onde estava: doutor em Economia com carreira acadêmica em Harvard e vencedor de um Prêmio Nobel em sua área. Um marido e pai de família exemplar. Um cara bem-intencionado, honesto e ponderado. Lutava contra o fato de ser portador de esclerose múltipla, uma grave doença degenerativa. Com esse perfil ideal, Bartlet pertencia ao Partido Democrata. Deixou saudades.

1º David Palmer (Dennis Haysbert), 24 Horas

Fãs de The West Wing entendam! Apesar de Jed Bartlet ser excepcional, nenhum outro conseguiu um feito tão notável de idealismo e vigor como o presidente afro-americano David Palmer, considerado por muitos, como uma verdadeira profecia de Barack Obama. Antes mesmo da realidade imitar a ficção, 24 Horas já antecipava seu presidente negro. E não era em qualquer época. George W. Bush ordenava a invasão do Iraque, perpetuava a guerra do Afeganistão, impunha sua verdadeira Cruzada contra o terror no que chamou de uma nova Guerra Santa. Enquanto isso, na ficção, Palmer lidava de maneira totalmente oposta com os terroristas. O Presidente Palmer é um exemplo de líder honesto e íntegro. Pego em meio a uma rede de intrigas, ele acaba afastado do cargo e em seguida é assassinato. Se fosse na vida real, ele seria considerado um dos grandes líderes da história.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER