Os melhores episódios de Buffy, The Vampire Slayer

Com 144 episódios, Buffy se tornou um marco na cultura pop e continua até hoje, 12 anos depois de seu fim.

Tudo começou com um desastroso filme de 1992 e com um Joss Whedon decepcionado com o resultado. Cinco anos depois, na midseason de 1997, veio a série, com apenas 12 episódios, logo se tornando um sucesso e série da fall season com temporada completa.

A série acompanha a história da adolescente Buffy, que se descobre uma caçadora, não só de vampiros, mas de demônios e outras criaturas sobrenaturais, realizando essa tarefa com a ajuda de seus amigos Willow e Xander, além de seu sentinela Giles. Essa série teen soube trabalhar diversos assuntos do cotidiano — como o empoderamento feminino, morte, sexualidade e uso de drogas — de uma maneira orgânica, não soando forçada ou pretensiosa

Como ontem se completou doze anos desde a exibição do seu final e já que o Box têm textos sobre a história, curiosidades e até as frases mais marcantes, só restava o Top 5 elencar os melhores episódios dessa série maravilhosa.

Peguem suas estacas de madeira e crucifixos e bora lá!

5º Passion (2×17)

buffypassion

Com Angel atingindo a felicidade completa após ele e Buffy dormirem juntos, perdendo a sua alma e voltando a ser o Angelus (a versão muito cruel e diabólica dele), todos estão assustados. O vampiro começa a fazer jogos psicológicos com o grupo, deixando-os atormentados. Jenny, a professora de informática, corre contra o tempo para achar uma forma de recuperar a alma de Angel, já que se descobre que esta foi devolvida para o vampiro como uma espécie de punição por destruir e fazer atrocidades com as pessoas da tribo cigana da qual ela faz parte. Tudo isso culmina num final perturbador e chocante, principalmente para o Giles.

4º Hush (4×10)

buffygentlemen

Da noite para o dia, toda Sunnydale acorda sem voz. Logo a Scooby Gang (como é chamado o grupo de amigos) descobre que demônios sorridentes de terno chegaram na cidade, tomaram as vozes das pessoas e estão roubando corações para seus propósitos malignos. O episódio possui poucos diálogos, sendo mudo na maior parte do tempo. O trabalho na trilha sonora é impecável, dando toda a atmosfera de suspense que o episódio pede. Além disso, a atuação do elenco está ótima. Esse episódio foi tão aclamado que recebeu até uma indicação ao Emmy!

3º The body (5×16)

buffythebody

O episódio começa com Buffy chegando em casa e encontrando sua mãe morta, e toda a história se desenvolve a partir disso. Com uma ótima atuação, Sarah Michelle Gellar consegue passar a sensação de sufocamento e de impotência desse momento, diante de um problema cuja solução está fora do seu alcance, pois não tem relação com o sobrenatural que ela tanto tem intimidade. Além dos flashes que a personagem tem, onde ela consegue salvar a mãe, aumentando essa angústia. Ao contrário de “Hush”, esse episódio é marcado pela ausência de trilha sonora e diálogos fortes, reforçando os sentimentos transmitidos. Cada bloco mostra a reação dos amigos diante da notícia. Vale destacar, também, quando ela dá a notícia a sua irmã, Dawn, um dos momentos mais fortes e tocantes; e um discurso emocionante de Anya.

2º Once more, with feeling (6×07)

Buffy6x07

No segundo lugar, um dos melhores episódios musicais já exibidos na TV americana, e um dos mais adorados pelos fãs da série, tanto por causa do episódio em si, que é muito divertido e criativo, quanto pelas revelações dele e pela contribuição com o avanço da história, não sendo somente um filler. O cuidado da produção foi tanto, que até uma abertura especial foi feita. Não somente a Sooby Gang, como toda Sunnydale, começam a agir como se estivessem em um musical, cantando por qualquer acontecimento, tudo isso por causa da chegada de um demônio. O sucesso desse episódio foi tanto que um álbum reunindo as músicas apresentadas foi lançado.

1º Chosen (7×22)

Buffy-finale-chosen

O último episódio encerra a série de uma maneira extremamente satisfatória. Toda a sétima temporada foi dedicada à busca das potenciais caçadoras que estavam sendo mortas pelo Primeiro Mal. Nesse episódio, o Primeiro juntamente com Caleb, levam adiante o plano de libertar os Ubervamps, espécie de vampiro primitivo muito poderoso, e assim fazer do mundo um lugar de trevas. Todos possuem seu momento nesse episódio, até Angel faz uma participação.

O último encontro do quarteto Buffy, Willow, Xander e Giles antes da batalha é um dos momentos mais emocionantes desse final, além do diálogo da protagonista com Spike antes de seu sacrifício, sendo esse um dos momentos mais lindos entre os dois e uma redenção para o vampiro. Como não podia deixar de ser, existem perdas consideráveis após esses eventos, e toda Sunnydale acaba destruída, mas o sentimento de satisfação no final desse episódio, após ter acompanhado a vida da caça-vampiros por tantas temporadas, é gigantesco, e por isso, o melhor.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER