Os melhores Lip Sync de RuPaul’s Drag Race

Dublar é um elemento importante de ser drag queen. E não é para menos que em RuPaul’s Drag Race é uma das partes importantes para quem quer se manter no jogo.

A tensão do Lip Sync For Your Life é muito maior, as vezes, que as críticas dos jurados. Ali é o momento que, não importa se você esqueceu de fazer a bainha no vestido, o que mais conta é ter “charisma, uniqueness, nerve and talent” — tudo junto numa só hora — para continuar na corrida, e conseguir chegar ao título de America’s Next Drag Superstar.

Para matar a saudade, e relembrar alguns momentos — enquanto a sétima temporada não chega — a Trilha Sonora selecionou o que já tocou no Lip Sync For Your Life. Então, segura a peruca e vem bater cabelo com a gente!

My Lovin’ (En Vogue)

Não tem como não começar essa seleção sem falar de Raven. Era segunda temporada, mas o fierce já batia forte em RuPaul’s Drag Race. Ao som de My Lovin’, ela e Nicole Paige Brooks botaram fogo no palco. Quem não lembra de Raven apontando para as concorrentes e cantando “Never gonna get it”?!

This Will Be (Natalie Cole)

DiDa Ritz foi uma das rainhas mais inexpressivas que já passou pelo RuPaul’s Drag Race. Entretanto, na batalha com The Princess ela mostrou que dublar Natalie Cole — na frente da própria lenda — não é para qualquer uma.

Even Angels (Fantasia)

Nem só de balada vivem as quens de RuPaul’s Drag Race. A prova disso foi a disputa entre Alexis Mateo e Shangela Laquifa na terceira temporada, ao som de Even Angels, da cantora Fantasia. Talvez se fosse cantado, não teria a mesma emoção e vulnerabilidade que a música exigia.

Straight Up (Paula Abdul)

Como ícone dos anos de 1990, as músicas de Paula Abdul são as favoritas dos Lip Sync For Your Life. Straight Up tocou na disputa entre Raja e Carmen, e a sobrou sensualidade na apresentação. Contrariando o que RuPaul disse na dublagem entre Mimi Immfurst e India Ferrah, drag queen é um esporte de contato SIM! Muito contato por sinal!

It’s Raining Men — The Sequel (RuPaul e Martha Wash)

Uma disputa tão acirrada só poderia ficar marcada por uma boa música. Phi Phi O’Hara e Sharon Needles se bicaram por quase toda quarta temporada, mas tiveram que provar realmente quem era a melhor ao som da regravação de It’s Raining Men, na voz de RuPaul e Martha Wash. No final das contas, as duas “venceram” (culpem a Willam).

MacArthur (Donna Summer)

O castelo de cartas das Heathers começou a cair quando Manila Luzon e Delta Work se enfrentaram no Lip Sync For Your Life. Não porque as duas eram ruins, e sim porque foram muito boas! O clássico de Donna Summer deu o tom à disputa, que com certeza foi decidida por conta da teatricidade de Luzon.

Cold Hearted (Paula Abdul)

Tá ai Paula Abdul mais uma vez. E por falar em coisas épicas, Coco Montrese e Alyssa Edwards protagonizaram os momentos mais turbulentos da quinta temporada, mas foi ao som de Cold Hearted que as duas mostraram quem realmente era a verdadeira diva. Bom, pelo menos por ora…

Lembra de mais algum Lip sync épico de RuPaul’s Drag Race? Deixe nos comentários.

Até semana que vem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER