Os Programas BIZARROS da Minha Mulher

Eu gosto de TV como quem gosta de frio — segundo o sábio (e desaparecido) Diogo Portugal, se você gosta de fondue, lareira e vários cobertores, você não gosta de frio, você gosta de calor. Eu, sinceramente, ODEIO televisão. E não é uma questão de TV aberta ou paga: eu simplesmente ODEIO TV.

Aquele monte de comerciais, aquela gente falando alto, uma surra de intervalos bem quando você está adorando um programa e o fato de que você tem que fazer o seu cronograma bater com os horários em que a TV decide que vai ou não exibir o único programa que você quer assistir.

Eu tenho um amor loucamente irracional por algumas séries, uma adoração transcendental por um punhado de desenhos… mas eu não amo nenhum deles o suficiente pra deixar a TV controlar a minha vida só pra que eu possa assistí-los.

Minha mulher, por outro lado… ela é uma pessoa de quem você vai literalmente ouvir a frase

Eu AMO TV.”

O dia em que eu disser isso, vai ser com a mesma intenção que eu teria de dissesse “eu curto muito os políticos que me roubam”, “eu adoro levar tijoladas na cara” ou “eu odeio churros”. Mas ela… ela fala isso com toda a sinceridade do mundo.

Acontece que o problema com a sra. Heloísa Dela Rosa não é só gostar de um sistema de entretenimento que cospe na sua cara, mas o que ela gosta de assistir quando vê TV.

Existe uma frase (dela mesma) que sintetiza o caso de tal maneira, que eu anotei, pra nunca me esquecer:

Eu só gosto de programa que for de compras, ou de pessoas com doenças estranhas, ou de comidas ou de pequenas misses… ou do Bill.”

Para você que não é familiarizado com o exotismo dos diálogos com essa mulher, ela basicamente reduziu todos os seus gostos televisivos a uma porção básica que inclui:

– Comprar Coisas: tipo Acumuladores — ela se identifica muito com as pessoas do programa. Se você conhecesse a nossa casa e conferisse a quantidade de coisas que ela compra todo mês, ia entender porque.

– Doenças Exóticas: Acumuladores de Animais, Minha Louca Obsessão (ela pira na mulher que come papel higiênico) e Eu Não Sabia que Estava Grávida — apesar de gravidez não ser uma doença…

– Comidas: em casa a gente assiste absolutamente TODOS os programas POSSÍVEIS que tenham comida em algum lugar. Comidas Exóticas, Antony Bourdain Sem Reservas, Kitchen Knightmares, Hell’s Kitchen, Gordon Ramsay’s Best Restaurant (na verdade, QUALQUER programa que tenha o Gordon), Master Chef, Master Chef Austrália, Junior Masterchef, The Great Food Truck Race, Eat Street e claro, Mais Você — esse ela diz que é porque ela fica olhando o relógio que fica na tela, enquanto ela se arruma pro trabalho.

Felizmente, é ela quem sempre cozinha em casa — o que justifica a quantidade absurda de receitas no blog dela — então por que não deixar a sua mulher assistir tudo o que ela puder sobre comida, né?

Os outros dois programas citados são o Pequenas Misses (a coisa mais assustadora que eu já fui repetidamente ‘obrigado’ a assistir) e o programa do Bill Granger — para quem não conhece, Bill Granger é uma espécie de homem perfeito da Austrália: ele parece o Gugu, tem uma família linda e feliz, é rico e sabe cozinhar melhor que a sua vó cozinheira.

Como se essa descrição do menu televisivo a que a minha casa é submetida todas as noites NÃO FOSSE suficiente, neste fim de semana eu vivi mais um episódio histórico na saga da minha mulher no mundo da TV.

A gente tava vendo Ace of Cakes — o reality show sobre uma confeitaria abarrotada de nerds que fazem bolos meio tortos de qualquer formato imaginável, que piscam e giram e soltam fumaça. Era o centésimo episódio e eles estavam revendo grandes momentos na história do programa: como o dia em que fizeram um bolo em formato de R2-D2… que foi entregue no Rancho Skywalker… onde eles conheceram o George Lucas.

Daí eu, tão ingênuo, disse: CARA, IMAGINA! VOCÊ COMEÇA A FAZER UNS BOLOS… E UM DIA VOCÊ CONHECE O GEORGE LUCAS!!

Ela nem se virou pra me responder, e fez uma cara meio assim -_____- e depois disse:

Não sei… eu acho que ia ficar mais feliz em conhecer o Jeff [dono do rolê dos bolos] do que conhecer ele [George Lucas]. Assim… eu adoro Star Wars… mas eu gosto muito mais de bolo!

Ahhh, cada noite com essa mulher é uma nova descoberta.

Lembrando que essa é uma frase da mesma autora de: “cara, SEMPRE que chega nessa época do Big Brother [o final] eu me arrependo MUITO de não ter comprado o pay-per-view!”

Então… novamente: eu ODEIO TV. E se você também odeia — ou mesmo se você gosta muito — você me entende… O cara das Casas Bahia gritando loucamente, a SKY que manda uns comerciais super altos em cima da sua programação normal e a novela que, como se já não fosse ruim o suficiente, é interrompida pela propaganda política, que consegue ser 18x pior…

Mas lembre-se: em algum lugar da cidade de São Paulo, existe uma pessoa inocente que, pela ~força do Amor~ está assistindo um programa sobre uma mulher que só consegue dormir com o secador de cabelo ligado, vendo um cara gritar com todo mundo sobre o ponto certo do Bife Wellington, e aprendendo que, para os americanos, Coxinha é, aparentemente uma “comida exótica”.

Ah é!

Ela também curte Phineas e Ferb.

Phineas e Ferb é legal.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER