OUAT 2×02 — We Are Both

As freiras continuam freias, ou elas podem, sabe, sair em um encontro?” — Dr. Whale

Disse na resenha passada que o bom dos primeiros episódios é que eles tem a liberdade de criar as novas tramas e, por isso, não sobreviviam à muitas críticas de roteiro. Meu maior problema com Once Upon a Time sempre foi as falhas na história que surgem por aqui e por ali durante os episódios. We Are Both é apenas o segundo da temporada e já traz alguns problemas, mas não posso negar que ele surpreendeu em alguns aspectos, principalmente no assunto “e agora que nós lembramos de tudo?”.

E já falando sobre o assunto, depois de apresentar as novidades semana passada, Once Upon a Time fez muito bem em abraçar os problemas óbvios que surgiram com o “fim” da maldição: eles podem ou não sair de Storybrooke? Eles devem ir atrás de Regina? E o Sr. Gold? Devem voltar a viver na floresta ou ficar em suas casas? E sobre os seus empregos atuais? Tudo isso foi respondido muito bem, na minha opinião. Era óbvio que, ainda presos neste mundo, eles teriam apenas que continuar suas vidas enquanto procuram entes queridos perdidos em outros lugares da cidade. Acho que o único problema nisso tudo foi o discurso de David/Príncipe Encantado.

É um fato que os americanos adoram um discurso emocionante. Já vimos centenas de filmes em que o líder precisa abraçar a humildade, olhar para todas aquelas pessoas perdidas, e dizer palavras que deem coragem e conforto. Só que o discurso do David foi muito fraquinho. Antes do discurso, alguém pode me dizer por que o Archie estava tão nervoso querendo atravessar a fronteira e esquecer que ele é o Grilo Falante? E o Gepetto, que ainda estava buscando seu filho de madeira? E a Ruby, que estava ajudando todo mundo até ali? Não fez qualquer sentido. E aquela promessa do David que Regina não poderá machucar nenhum deles? Poucos minutos antes, Regina estava tocando o terror e ele nem estava por perto! E de repente, todo mundo decide ficar. Sério mesmo? Uma cidade inteira e ninguém decidiu que era melhor mesmo atravessar a fronteira? Ai, ai.

Mas agora falando sobre Regina, eu gostei deles mudarem um pouco o ritmo da personagem e adotarem uma nova estratégia — se é que eles vão manter isso mesmo nos próximos episódios. Uma hora ela está lá, toda cruel, jogando magia para cima de todo mundo (e porque não pula todo mundo junto para cima dela? Nunca vou entender algumas coisas dessa série…) e pegando o Henry de volta e, horas depois, ela já está devolvendo o garoto cheia de remorsos. Tudo bem que eu prefiro que a mãe dela, a Cora, seja a vilã desta temporada, mas eles podiam ter lidado com as emoções de Regina de uma maneira mais demorada e calma.

Já o Dr. Whale, como é que eles deixam aquele gancho do episódio passado (quando David vira para ele e pergunta “quem é você?” se referindo ao seu personagem dos Contos de Fada) completamente de lado e nesse episódio o colocam apenas para perguntar se freias continuam freiras no mundo real? Às vezes fico muito incomodado com a falta de sequência em alguns seriados.

Falta de sequência que aparece muito claramente no final, com Mary Margaret e Emma sendo levadas para um campo de sobreviventes pela Mulan e pela Bela Adormecida. Para e pensa: se as duas conhecem a Rainha Má, é óbvio que elas conhecem a Branca de Neve. Tudo que Mary Margaret tinha que fazer era falar quem ela era — mas não. Por que ela faria isso se é muito melhor passar dias andando amarradas e depois tentar uma fuga estúpida?

Aproveitando o momento, faço a pergunta que não quer calar: no flashback, Rumplestiltskin diz que o espelho que ele dá para Regina levará a mãe dela para outro mundo, um “pequeno e chato mundo”, mas no final, Cora aparece no mesmo lugar que Mulan, Mary Margaret e as outras estão! Como foi que ela voltou para a Floresta Encantada? Outra coisa: no episódio passado Mulan disse que as pessoas da Floresta Encantada foram transportadas para outro mundo, mas que aquele canto onde elas estavam tinha sido protegido por algum motivo; seria Cora esse motivo?

Eu espero mesmo que ela seja, porque vai responder grande parte das perguntas feitas aí em cima e, como disse, vai ser um alívio te-la como vilã da temporada e aproveitar o lado mais consciente de Regina — vez ou outra digo que Lana Parrilla é minha atriz preferida e é nessas horas que eu vejo o motivo. Ela pode ser má, pode ser boa, pode ser confusa que eu continuo acreditando nela

Além dela, vale destacar, Meghan Ory (Ruby/Chapeuzinho Vermelho), que agora faz parte do elenco principal e já mostra que pode muito bem assumir o papel de liderança que a Branca de Neve e Emma deixaram vago no mundo real. Ela é bastante carismática e soube bem trazer suas características da Floresta Encantada para o nosso mundo . Só falta saber se ela vai virar lobo nas luas cheias ou não — e eu espero muito que sim!

E por que o Sr. Gold/Rumplestiltskin queria tanto sair de Storybrooke? E qual seria o problema dele sair de qualquer jeito? Ele nunca esqueceu quem ele realmente é, não deveria haver problema sair da cidade agora… ou deveria? Quem sabe a gente descobre semana que vem.

Só para finalizar, queria que August Booth tivesse retornado de vez neste episódio, mas fico feliz só de te-lo visto piscar o olho, ainda que continue todo de madeira. Me lembro de comentar algumas vezes por aí, entre as temporadas, que agora que a magia está de volta, ele poderia voltar à vida, mesmo sem voltar a ser humano. É um alívio que os criadores tenham aproveitado essa oportunidade para mante-lo na história! O problema é dar atenção para tanto personagem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER