OUAT 2×05 — The Doctor

Enquanto você viver no passado, você não encontrará o seu futuro.” Rumplestiltskin

Nosso amigo Capitão Gancho está provando ser uma bela adição à série, dando um ânimo para a história de Emma e Mary Margaret na Floresta Encantanda. Convenhamos que até agora elas estavam mais era atrasando o que acontecia no mundo real, e agora parece que estão a andar em alguma direção.

Gostei também de ver o Pé de Feijão Gigante, supondo que seja um pé de feijão. O que mais está me agradando até agora é que os episódios da segunda temporada estão muito mais conectados entre si. As informações e acontecimentos vem e vão entre eles, fazendo uma história mais coesa. A primeira temporada, apesar de muito boa, teve muitos episódios independentes, com personagens que nem fizeram qualquer diferença — como Hansel e Gretel, ou mesmo a Cinderela.

Fiquei feliz do Archie voltar a aparecer. Mas poderíamos ver cenas dele com Geppeto, não é? — por sinal, o que aconteceu com August-Pinóquio?! — Mas ele não é um psicólogo muito imparcial — eu entendo que agora ele também é a Consciência só achei que ele poderia lidar com Regina de uma maneira melhor.

Só que agora, me diz: por que o coração do cavalo é exatamente igual ao coração de uma pessoa? Gostei das cenas de Regina aprendendo magia com Rumplestiltskin, que a chamou de aprendiz. Eles poderiam mesmo aproveitar esse caminho da Regina saindo da garotinha chorona para se transformar em uma pessoa cruel — eu adoraria ver isso acontecer durante a temporada! Mas eles já terminaram o assunto. Mesmo assim, ela ainda tem muito o que aprender.

Voltar a ver Regina foi ótimo, e cada vez ela fica mais interessante. Essa novidade sobre o Daniel estar em Storybrooke foi simplesmente conveniente demais para este episódio. Achei um pouco decepcionante o fim da história… achei que poderia ter sido um pouco mais demorada, ou melhor trabalhada. Principalmente lá na Floresta Encantada… Regina ficou malvada de verdade em um piscar de olhos, vestida de preto e tudo o mais.

Ver Jefferson também foi bom, e melhor ainda foi a história que ele trouxe para a série. Finalmente a explicação de quem é o Dr. Whale! E você ficou feliz? Eu não fiquei muito… Dr. Victor Frankstein? Sério? Este é mais um personagem que existia claramente já no nosso mundo e não tinha nada a ver com contos de fada, nem com mitos. A história era muito claramente manipulada pelo Rumple e, apesar da ideia geral funcionar muito bem, acho mesmo que poderia ter sido lidada de uma maneira melhor.

Agora sobre aquele final, que o Dr. Victor diz claramente que ciência é melhor e mais forte que magia… será que a série vai aproveitar isso? Eu até queria que sim, que novos rumos surgissem e levassem a série para caminhos improváveis. Claro que na Floresta Encantada a arma da Emma não era lá muito útil — mas no mundo real, a arma de David era mais que o suficiente para resolver o problema. Vamos esperar para ver o que o futuro nos reserva!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER