OUAT 2×08 — Into the Deep

Estou cansado de ler sobre heróis. Eu quero ser um!” — Henry

Depois de uma semana sem episódios, Once Upon a Time voltou com ainda mais fôlego e tramas novas que prometem fazer a série andar por mais alguns episódios. Mas até quando? Será que essas historinhas são mesmo o suficiente para manter toda uma temporada? Eu, sinceramente, não sei, mas acho que por enquanto a série voltou a agradar.

Minha maior felicidade está nas respostas dadas. Por exemplo: agora posso acreditar que Cora controlava Lancelot, inicialmente, a partir do coração dele, que ela deveria ter com ela o tempo todo e, depois, precisou só destrui-lo. Eu só não sei como ela o escondeu, mas tudo bem, já é um passo. Além disso, essa técnica de usar corações veio em boa hora, porque havia já vários episódios que não víamos nada tão cruel. Eu só não sei como é que o Capitão Gancho aprendeu a retirar corações. Achava que você precisava ser um mago/bruxo, e ele não parecia ser nada disso. Provavelmente foi só para fazer a história andar.

Outra coisa boa foi eles descobrirem o que fazer no mundo real, porque as aventuras que eles estavam tendo até agora não eram nada satisfatórias. Com o David preso na sala flamejante, a série pode se desligar um pouco daquele lado e dar um gás na Floresta Encantada para resolver pelo menos parte desse mistério até a metade da temporada. Ainda tivemos boas atuações de Lana Parrilla, como sempre, e demais atores no mundo real, mas não adianta atuar bem sem uma boa história para contar. É claro que Henry poderia assumir agora o espaço deixado por David e voltar a ter suas aventuras para salvar todo mundo, e eu acho até uma boa ideia aproveitar a chance para faze-lo um personagem mais agradável.

Agora o que eu achei mais intrigante nesse episódio é quão pequena e identificável a Floresta Encantada é, apesar de que não deveria ser. Era para ser uma floresta gigante, com reinos distantes e coisas sinistras, mas ninguém consegue escapar um do outro: não há nenhum tipo de estrada onde as meninas estão, mas mesmo assim elas se separam e logo depois se acham sem problema algum — aquela hora que Aurora as encontra no final até Emma questionou isso, e por mais que Cora seja poderosa, é fato que ela não deveria saber onde as meninas estão — se ela soubesse, poderia ir lá ela mesma.

Outra coisa intrigante foi aquele lenga lenga todo ao redor da poção do sono, da sala flamejante e do mundo espectral. Primeiro que parecia novela da Glória Pires, onde todo o vocabulário gira ao redor de 5 palavras chaves que todo mundo repete o tempo todo em todos os episódios; segundo, que eu esperava mais do que realmente um prédio com salas — porque foi isso que pareceu quando David se abaixou e ouviu o fogo queimando lá me baixo. Como se só houvesse uma sala flamejante e como se todo mundo fosse parar sempre ali… E se for mesmo assim, esse mundo espectral é completamente decepcionante.

Voltando ao Capitão Gancho, foi bom ve-lo mais uma vez, não foi? Ele com certeza traz algo a mais para a série, algo que ela parece ter perdido lá atrás, com a morte do Xerife Graham. Talvez o charme, ou o jeito divertido, ou essa confusão em escolher um lado para seguir (Graham ficava entre Emma e Regina, Gancho fica entre Emma e Cora). Por algum momento ali pensei que ele também poderia perder o coração, como nosso amado xerife, mas fiquei feliz que o personagem continua inteiro e pronto para mais aventuras.

Por falar nos corações, será que há maneira de coloca-lo de volta? Quando Cora disse que havia matado Lancelot muito tempo atrás, será que ela queria dizer que já estava a controla-lo usando o coração há tempos? Porque se pensarmos assim, Aurora já não tem lá uma vida, não é? E mais uma vez: como é que Gancho aprendeu a fazer isso? E como foi que Aurora não acordou quando ele enfiou a mão peito a dentro para arranca-lo? Tudo muito suspeito, mas eu ainda estou disposto a deixar passar — em nome do andamento da série.

Outra tristeza do dia foi Belle não ter acompanhado o assunto todo no mundo real. Eu, se fosse ela, ficaria muito preocupado com essa história toda de Cora, ponto fraco, etc. Mas tudo bem, ela tem uma biblioteca para cuidar… Só não explicaram ainda por que é que a biblioteca ficava fechada e em baixo do relógio da cidade… Ou explicaram?

Até semana que vem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER