OUAT 3×20 — Kansas

Você foi uma vilã, mãe, mas você mudou. Você é uma heroína agora. Derrotar vilões é o que heróis fazem. Eu acredito em você. Você tem que acreditar também.” — MILLS, Henry

Fazia tempo que um episódio não me deixava com o coração aquecido como esse me deixou. Claro que não estou dizendo no geral, pois sei que essa reta final virá acabando com o mundo, mas sim estou dizendo por causa da Regina, dela finalmente ter voltado a reinar em um episódio, e mostrar o que nós e ela mesma sempre soubemos: cada um escolhe seu destino, somos nós que escolhemos se queremos ser uma pessoa boa ou ruim. E esse episódio retratou isso de uma ótima maneira, mostrando os dois lados da moeda.

Fiquei surpresa quando o flashback mostrou que Zelena havia conseguido uma segunda chance, que ela poderia ser uma bruxa boa e deixar seu recalque nível extremo de lado e viver entre pessoas que gostavam dela e acreditavam que ela podia ser uma pessoa melhor. Se eu não soubesse que em algum momento ela daria para trás por causa da sua situação no presente, eu até cogitaria voltar a gostar dela, mas né…

Uma coisa que ficou bem clara, pelo menos para mim, é que Zelena queria ser o centro das atenções, foi assim quando Rumple preferiu a Regina a ela e foi assim quando Dorothy apareceu, porque não tinha motivo algum, mesmo que ela tivesse lido o livro, para ela voltar com sua inveja. Como Glinda disse, cada um escolhe seu destino, e ela preferiu ser uma invejosa que vive de passado, sendo que não tinha necessidade. Isso me deixou com mais raiva dela, ainda mais porque depois de tudo que Glinda fez, ela mandou a Glinda para Floresta Encantada, já amarrando a ponta solta do episódio passado, quando falaram que ela tinha sido banida.

OUAT 3x20

Zelena escolheu o caminho da inveja e maldade, mas por outro lado fiquei extremamente feliz por Regina ter escolhido o caminho do bem e ainda usar a magia de luz selando isso. Se fosse em outros episódios, outras temporadas, eu não estaria tão feliz com isso, mas Regina está feliz, foi emocionante demais seu diálogo com a irmãzinha verde quando ela dizia que era como a Zelena, mas as pessoas tinham lhe dado uma segunda chance, que se tivesse seguido com sua vingança ela não teria nada que tem hoje.

E finalmente, depois de 64 episódios, ela pôde dizer que tem muita coisa, pois ela tem o amor, não só do Henry, mas também o do Robin, que também nos proporcionou uma ótima cena quando ele pegou o coração dela e ela veio com a magia de luz. E Regina também tem a confiança, não digo de todos de Storybrooke, que qualquer suspiro desconfiam da bichinha, mas sim das pessoas mais interessadas, que foram alvo de sua vingança: Snow, David e Emma. Não tinha como eu ficar mais feliz com isso.

Por outro lado, gostaria de arrastar a cara da Emma no asfalto. Como ela me irritou nesse episódio, ao ponto até de eu pensar que ela poderia deixar mesmo o Hook morrer, pois não estava fácil. Até o David tinha desculpado o bichinho por ter ocultado que foi amaldiçoado e Emma com frescura, não tenho paciência não. Mas confesso que por um segundo eu tive esperança que finalmente os dois iam acontecer, mas com toda certeza foi o coração shipper falando mais alto.

Bom… Todas as perguntas com esse episódio foram respondidas, pois só faltava saber o que Zelena queria com o bebê da Snow e ficou bem claro que era por ele ser inocente e puro de coração. Entretanto, esse episódio veio com a pergunta das perguntas: ESSA ZELENA NÃO MORRE NÃO, DEUS? Primeiro ela forja a morte no flahsback e agora Rumple a mata, mas parece que não morreu, porque continuou com a maldição.

Só se ele usou a Zelena para continuar mesmo com a maldição pra poder trazer o Neal de volta, já que com aquele pedido de casamento, que tinha me deixado tão feliz porque eu ia parar de ver Belle jogada pelos cantos de Storybrooke chorando e ninguém indo consolar a moça, pareceu que ele estava fazendo com a Belle a mesma coisa que Zelena fez com o Hook, olha… Rumple mente!

PS: Melhor Snow parar de querer ter filho, porque toda vez acontece alguma coisa, essa história de ser fruto do amor verdadeiro dá muito trabalho.

PS 2: A vaga memória que eu tenho da Dorothy ela era inocente e tudo mais, mas ela não era sem sal desse jeito não, desculpa.

Corre todo mundo que essa é a última promo dessa temporada. Final de temporada já, gente, e com episódio duplo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER