Outlander 1×03 — The Way Out

Outlander continua no seu tempo, construindo uma narrativa sólida e nos apresentando seus personagens com muita calma.

“Claire Beauchamp Randall, me prometa que voltará para mim?- RANDALL, Frank

Outlander vai apresentando seus personagens com muita calma. Parecem não terem pressa em nada. O que já é um fato bastante corajoso nos dias atuais que séries se comem vivas por um pedacinho de audiência. A sensação é que eles sabem que o material é bom e que tem seguidores fieis dos livros. O que para nós parece descaso, para eles é aperfeiçoamento.

Quando começamos a assistir a série nos perguntamos porque Claire não conta toda a verdade? Não seria mais fácil? E a resposta veio na cena com a Sra. Fitz, ali naquela época o conhecimento era precário, as pessoas morriam cedo e o que para nós é preconceito, para eles era o normal. As mulheres ficavam caladas e os homens mandavam em tudo. Claire sabe que suas ações devem ser extremamente calculadas, qualquer passo em falso e ela será queimada viva acusada de bruxaria.

É interessante ver como Claire consegue sobreviver a tudo isso. Ela, sem querer, se educou para esse momento. Enquanto cuidava de soldados feridos na Guerra, Claire pensava em Frank, na vida de casada. Esse era o seu foco, a sua constante. A sensação é que isso vai mudar em breve, não?.

Outlander 1x03

Em The Way Out Claire precisa ganhar a confiança dos Mackenzies para poder sair de Castle Leoch e encontrar as pedras magicas de Craigh na Dun. A melhor maneira é fazer o que ela sabe de melhor: usar o seu conhecimento medicinal e aplicá-lo. A coitada teve até que massagear Colum e, serio, não foi legal de assistir.

As cenas são muito bem construídas, assim como a relação dos personagens com Claire. São nesses momentos em que entendemos os conflitos dela. Se fosse uma série americana Claire já teria beijado Jamie, Geillis teria contado todos os seus segredos (porque sim, essa mulher é muito estranha. Ela parece saber tudo sobre todos. Inclusive sobre Claire.) e Claire já estaria a caminho de Inverness. Mas, Graças a Deus, Outlander sabe fazer as coisas direito.

A relação de Jamie e Claire está cada vez mais intensa. Parece aquele casal que não sabe estar apaixonado um pelo outro e vive se bicando. Sabemos que Claire ainda ama o marido ou pelo menos o respeita e não vai tomar uma atitude precipitada. O mesmo pode ser dito por Geillis e Claire. Elas parecem se conhecer de outras épocas (será?) e é só com ela que Claire consegue sincera. A verdade é que Geillis desconfia de verdade dela, no sentido de Claire não ser uma bruxa mas algo mais real. Ela olha para Claire com outros olhos, diferentes do Padre, por exemplo.

Aliás vamos falar dele? A cena do exorcismo reflete todos os preconceito de uma época. As pessoas temiam Deus com tanto afinco que para nós que vivemos nesse século chega até ser engraçado. O Padre é incapaz de enxergar o verdadeiro milagre e na sua mediocridade usa Deus para fazer ameaças. Certeza que isso vai dar confusão num futuro bem próximo.

O grande problema é que Claire está fazendo o trabalho tão bem feito que Colum e os Mackenzies não irão deixa-la sair de Castle Leoch tão cedo. O tiro saiu pala culatra mas sabemos que isso não vai acontecer, né?. Outlander está construindo uma narrativa que mesmo lenta nos encanta. O moço que canta as histórias nos jantares é uma das joias dessa série e a premonição cantada encheu o coração da nossa heroína de esperança.

Será que isso dará certo? Claire vai se reencontrar com Frank? Como e quando Claire se apaixonará por Jamie?. Essas respostas somente Outlander nos responderá com muita, mas muita calma.

E vocês? Curtiram? Então dê uma nota para o episódio:

[taq_review]

Assista a promo do episódio 1×04.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!