Parenthood 4×02 — Left Field

Alguém aqui estava esperando por isso? Eu não. E mais uma vez, Parenthood mostra porque é o melhor drama familiar da atualidade. Sim, Kristina está com câncer e a família de Adam será atingida por um furacão.

No começo do episódio, eu pensei que finalmente ilustraria uma review com uma foto de Drew. Todos nós estávamos na expectativa de que um grande plot para ele. Confesso que achava que Amy estava grávida, ou doente, ou sofrendo algum tipo de agressão. Mas na verdade, ela estava era botando um belo par de chifres no garoto Braverman. É o último ano do ensino médio, a mamãe coruja emprestou o carro para ele pagar uma de gostosão no primeiro dia de aula, fazendo inveja aos outros garotos por ter também uma namorada linda (mesmo!) ao seu lado. Mas não!

Se o destino não é um mar de rosas para sua irmã, pais, tios, avós e primos, por que então seria para ele, certo? Fiquei desapontado com o que de fato Amy escondia, e bravo ao perceber o que isso rendeu à temática daquela família. Está cada vez mais claro que Mark (que marcou presença através de um telefonema) será substituído por Hank. Não!!! O cara é muito chato e Sarah não merecia mais uma mala em sua vida.

Como se isso não bastasse, ela ainda o agradece por ter conversado com seu tímido filho. Na verdade, Drew não é tímido, ele só não gosta de se abrir com sua família, especialmente com sua mãe. E isso, para mim, é perfeitamente normal. Se ele fosse mesmo tímido, não estaria interessado no papo de Hank. Mas não posso dizer que ele não foi de todo inútil: valeu a resposta dada à Sarah sobre como esquecer uma namorada (basta dormir com a melhor amiga dela, antes que ela faça o mesmo com o seu amigo). Ri alto!

Enquanto isso, Julia dá um grande passo em direção ao papel de mãe com seu novo filho. Achei que Victor não quisesse ir à escola porque simplesmente a odiava. Mas pelas cenas e olhares trocados entre eles, eu passo a acreditar que o garoto é assim, meio zangado, porque sofreu muito antes de conhecer os Braverman. Mas nada melhor do que esta família para fazer alguém se sentir amado, certo?

A história do cachorro serviu para nunca esquercemos de quem é Max. A gente pensa que toda doença tem cura e que um dia a pessoa estará novinha em folha. Mas Asperger não tem, e sempre será retratado quando houver uma oportunidade. A falta de Haddie está sendo muito grande para Adam, mas ainda mais para Kristina. E sim, ela queria um cachorro com a cara de sua filha. E totalmente aleatória aquela cena com os donos do labradores. No fim das contas, a gente ainda não sabe se Max ganhou ou não um animal de estimação, porque todos os nossos olhares estavam voltados para outra coisa.

Quando Kristina disse que os encontraria mais tarde porque tinha uma consulta, nunca que eu pensaria que aquele detalhe fosse importante. Mas quando eu menos esperava, Parenthood joga na tela aquilo que provavelmente será a história mais importante da temporada e a mais emocionate de toda a série. E lá estou eu novamente ansioso para a próxima terça-feira.

Desde a primeira temporada, eu me lembro de que toda vez que um assunto era abordado pela série, eu me perguntava qual família seria perfeita para ele. Primeiro, temos Crosby e Jasmine, que já tiveram muito destaque no começo da série e, como eu disse na review anterior, terão que sobreviver ao mundo dos adultos. Como são o casal mais jovem e descolado, conseguirão administrar suas rotinas com um jeito mais largado, mesmo que seja no chão da cozinha, na lavanderia ou mesmo tendo que recorrer ao Funkytown com hora marcada.

Já Sarah é a escolhida para lidar com as decepções amorosas, suas e de seus filhos. Dos quatro irmãos, ela é a mais esforçada. Por carregar uma grande de culpa de ter dado a seus filhos um pai doidão, ela faz de tudo para consertar o passado. E isso já rendeu ótimas histórias com Amber e acredito que agora será mais com Drew. Já Julia e Joel fazem o papel de generais. Nada ali pode ser inesperado ou fugir do controle que logo eles sofrem junto. O foco nessa família é justamente os problemas sofridos por quem pensa demais. Victor é o maior exemplo disso: chegou numa noite sem avisar, e agora ambos terão que rever seus conceitos (acertados com a filha) e ser mais flexíveis com o novo rebento.

Agora, quando eu soube que uma doença atingiria a família, achei que fosse com Zeek ou Camille. É normal a gente pensar que os mais velhos são os que mais sofrem com isso. Mas os roteiristas decidiram atacar aquela família que eu considero a mais forte de todas. Quando Adam foi demitido, eu tive todo este questionamento, e pensei que se alguém fosse capaz de se reerguer, eram eles. Acredito que Kristina vá contar aos poucos sobre sua saúde. Pode-se pensar até que a cena mais esperada será quando ela contar à Max, mas eu acredito que Haddie irá sofrer muito mais que seu irmão. Isso se ela continuar a aparecer. A garota não tem um histórico muito bom a seu favor, e quando acha que sua vida finalmente será mais calma na faculdade, tudo poderá vir abaixo com a notícia de sua mãe.

Parenthood entrega um episódio melhor que o anterior e, como sempre, me deixa satisfeito com o que esperar pela frente. A gente sempre pensa que finalmente eles terão um momento de paz, mas nada como uma batalha depois de outra para mostrar quais são os verdadeiros laços que mantém unida essa grande, maluca, divertida e espirituosa família.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER