Parenthood 4×03 — Everything is not OK

Até tu, Kristina Braverman? E mais uma vez fomos alertados do perigo que a internet pode ser. Eu gosto de uma teoria que define a web como um “potencializador” da vida real. Uma notícia vira manchete, uma fofoca vira bomba, um segredo vira fato. Um encontro de amigos fica ainda mais marcado quando se comenta depois os melhores momentos e piadas ditas. Essa review aqui também é um exemplo: assistimos ao episódio e agora potencializamos o que achamos dele, expondo nossa avaliação e encontrando outras pessoas que também assistiram. É claro que isso tudo é um entre tantos modos de encarar a internet, mas vamos então agora falar da nossa família, porque é por ela que estamos qui.

Se no episódio anterior já tivemos um preview do que estava por vir, Adam e Kristina já nos deram cenas e mais cenas de encher os nossos olhos de lágrimas. Sim, todos nós aqui sabemos que o câncer vai ser uma barra enorme a ser vencida, e todo esse sentimento pesado já nos atingiu. Imagina então quando todo o clã souber e o celular dela não parar de tocar.

Gostei muito do episódio (acredito que foi o melhor dessa temporada) e do jeito como eles estão levando esse plot. O médico, os pacientes e a nova amiga de Kristina criaram um cenário pesado, mas também realista. O jeito como a outra paciente do doutor explicou como seria daqui para frente a vida de nossa Braverman foi tão real que pareceu que ela conhecia a família há um tempo. Todo mundo já ouviu que NUNCA se procura por informação de doenças sérias na internet. E foi logo a primeira coisa que ela faz. Normal, até porque só na hora a gente vai ver como vai reagir. Adam, o sr. positivo, foi posto em xeque também pela paciente e pela sobrinha.

Eu me amarro na atuação de Mae Whitman, e Amber estava demais neste episódio. Ela consegue transmitir perfeitamente o que o seu personagem está sentindo, seja com um simples olhar ou um toque entre dedos. Sim, concordo com ela sobre estar sendo subaproveitada no emprego (e na série). Amber é talentosa e criativa e garanto que vai ajudar seu tio Crosby a ganhar ainda mais dinheiro. É só ela não querer dormir com todos eles.

O plot mais inesperado foi o do vovô Zeek. Todo avô hora ou outra enche o carro de netos pra comprar besteira. E o que foi um simples passeio se tornou em mais um de suas histórias que ele vai contar pelos próximos anos. A habilitação vencida foi recebida com exagero sim! Não pelo policial, porque lá eles são realmente rígidos, mas pelos filhos! Novamente encontramos os quatro discutindo a vida dos pais. E novamente foi preciso um puxão de orelha de Camille. Eu não sei toda essa história foi criada só para que Crosby contasse para os irmãos sobre a condição de Zeek. Acho que isso foi pouco e essa história ainda vai render.

Mark voltou! Fiquei feliz que o cara marcou presença na série. Depois de garantir uma vaga no retrato da família, ele já percebeu que o caminho até o altar ainda não está livre. O primeiro sinal de que alguém está gostando de outro é quando não para de falar dele. E não foi preciso mais que uma cena para Mark perceber o quanto Hank está ficando presente na vida de Sarah. Se esse triângulo vingar, certamente ela será a última a perceber. O próximo passo deverá ser o ciúme.

Confesso que torço pro Mark, mas tenho que falar que ri com Hank neste episódio. A cena dele buscando Sarah para ajudá-lo no casamento, pedindo que ela vestisse uma blusa e depois um lanchinhos foi impagável! É uma pena que eu esteja começando a gostar dele, porque parece que ele veio mesmo para ficar.

Ainda tivemos Max e seu amigo na saga sobre o sumiço da máquina de doces. Faz todo sentido para ele ficar revoltado com as mudanças da vida, assim como para seu amigo e família ficarem cansados de ouvi-lo reclamar. O ponto aqui é que Adam vai ter que ensiná-lo sobre as injustiças da vida, e que vai ter que aprender a aceitar o novo. Achei que Amber fosse dar mais um de seus belos conselhos ao primo quando foi buscá-lo, mas ela ficou devendo uma.

Eu não sei se sou só eu que acho isso mas Parenthood está numa vibe tão boa que eu fico na expectativa do próximo capítulo. O câncer de Kristina poderia até deixar tudo mais triste mas, pelo contrário, está deixando tudo mais forte. A impressão que fica é que cada um ali tem seus bons e maus momentos, mas todos são fortes o suficiente para se manterem em pé. É Parenthood mais uma vez nos dando uma lição de vida.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER