Penny Dreadful 2×07 — Little Scorpion

Penny Dreadful acerta o tom e tem episódio sensível e fundamental para a trama

Bem vinda à escuridão, Vanessa” — CHANDLER, Ethan

A segunda temporada de Penny Dreadful trouxe episódios com tons diferentes do terror gótico de sempre e pudemos até mesmo experimentar um pouco de humor na série. Little Scorpion trouxe toques de romance, mas sem nos deixar esquecer a essência da série:o horror.

Parecia óbvio, mas somente depois de ser atingida publicamente pelas Nightcomers, que Vanessa resolve sair de Londres para poder se recompor e, quem sabe, construir uma estratégia contra seus inimigos. Neste momento Sir. Malcolm começa a mostrar a influência de Evelyn e fala que não confia no instinto de Vanessa, destoando até mesmo do cético Victor Frankenstein. O ponto alto de ruptura entre Vanessa e Malcolm é quando ela escolhe confiar seu destino a Victor e não ao seu antigo companheiro.

Lyle parece estar sentindo os efeitos da culpa de ser um agente infiltrado e apoia a saída de Vanessa além de reforçar “Não conte a ninguém aonde estão indo. Apenas vão!”. Nada mais apropriado do que Ethan acompanhar Miss Ives em sua jornada, além de ser de grande valia para proteção, a lua cheia ainda paira no ar e o americano precisa ficar o mais longe possível de pessoas.

Penny Dreadful - 02x07

Um dos focos do episódio foi desenvolver a intimidade entre Vanessa e Ethan, mas a estrela certamente foi a entrega de Vanessa à escuridão — e nenhum lugar mais apropriado do que a antiga casa da Cut-Wife. Nesta jornada, Ethan está sempre pedindo para que Vanessa se abra e fale sobre seus demônios, enquanto ele mesmo não o consegue fazer. Quando questionado por Vanessa sobre o que o atormenta, Chandler muda de assunto e resolve ensiná-la a atirar — Não que Vanessa precisasse de aulas. Em troca pelas aulas de tiro, Miss Ives promete ensiná-lo a dançar — eles trocam seus principais conhecimento, ele ensina sobre armas e ela sobre habilidades desejadas pela sociedade.

Em paralelo, Chandler resolve derrubar a árvore em que Cut-Wife foi queimada, e que ainda assombrava a memória de Vanessa — uma tentativa de livrá-la de um de tantos pesos de seu coração. Ele está determinado a protege-la “Você não vai morrer enquanto eu estiver aqui. Você não vai se render enquanto eu viver. Se eu tenho um propósito em minha vida amaldiçoada, é esse”.

Durante uma grande tempestade nos deparamos com uma cena digna de um bom romance, Ethan levanta Vanessa em seus braços e os dois se beijam arduamente no meio da chuva. Para a decepção de Ethan — e de todos — Miss Ives interrompe a situação “Nós somos muito perigosos” completa. Seria o romance dos dois realmente algo negativo ou Vanessa está apenas preocupada com o seu histórico com relações carnais? Esse romance pode ser a salvação ou a desgraça de Vanessa.

Após muitas cenas bonitas e agradáveis no meio da natureza, John Logan resolve nos levar de volta à atmosfera clássica de Penny Dreadful. Durante uma caminhada, Vanessa encontra Sir Geoffrey, antigo marido de Evelyn e responsável por queimar a Cut-wife, e as coisas começam a desandar. Ives está tomada pela vingança e fica determinada a acabar com a vida de Geoffrey, aceitando todas as consequências que isso lhe trará. Ethan tenta convencê-la — sem sucesso — de que não vale a pena perder tanto por tão pouco e alerta “Se você fizer isso, não irá conseguir parar”.

Inebriada pela raiva, Vanessa se volta para o antigo livro que Cut-wife lhe presenteou antes de morrer e usa magia para matar Geoffrey — vale lembrar que ao dar o livro para Vanessa, Cut-wife pontuou que ela só deveria usá-lo quando estivesse sem saída, pois ao usar o livro ela estaria dando o passo final para se afastar de Deus. Destaque para a atuação incrível de Eva Green, que nunca decepciona em suas cenas de possessão e entorpecer demoníaco.

Talvez Vanessa já não acreditasse que sua alma tivesse salvação ou talvez matar Geoffrey era o que faltava para que ela abrisse mão de sua alma sem pensar nas consequências que isso poderia ter para uma pessoa que é caçada pelo diabo.

Enquanto isso, em Londres, Lily está tomando um novo rumo em sua narrativa. Ela se encontra com Dorian para um passeio — que termina no museu de cera de Putney. Quanta coincidência, não é mesmo? Dorian observa Lily de maneira bastante intrigada e parece desconfiar que existe algo de sobrenatural com ela. Teria ele reconhecido Brona?

Após seu encontro com Gray, Lily para em um bar e sai acompanhada de um senhor. Por um momento parece que ela está voltando automaticamente para sua vida como Brona, mas então somos surpreendidos e Lily estrangula o homem durante o sexo. Teria ela realmente lembrado de sua vida passada ou será que as crias de Victor são condenadas a um destino violento?

Penny Dreadful caminha para o fim ainda com muitas lacunas. Podemos esperar muitas respostas nos próximos episódios — e muito suspense.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER