PLL 2×15 — A Hot Piece of “A”

Spencer, pare de nos dar ordens, não somos suas empregadas.” — Hanna

A atual temporada de PLL está numa fase em que os conflitos estão chegando ao clímax. As protagonistas já não conseguem mais esconder a existência de –A e as relação entre elas está abalada desde o episódio passado. O que era uma armação, uma forma de atrair o/a vilão/ã da história para uma emboscada, acabou provocando um desconforto em Hanna com relação à liderança de Spencer. Desde o episódio passado, quando alguns especulam que Spencer queira mesmo era assumir o papel de Alisson no grupo, há um conflito pendente e que está prestes a estourar.

E as pressões continuam. Caleb agora quer saber de quem é o celular que ele está hackeando e o porquê de tanto mistério rondando um telefone. E Toby está se perguntando o porquê do insistente interesse de Spencer em Jenna e Garret. Fato é que as mentirosinhas precisaram incluir pessoas de fora “na trama –A” e a situação está começando a sair do controle.

E o que dizer do Lucas??? Até este episódio, eu tinha uma simpatia e até certa pena dele, por estar guardando um sentimento amoroso por Hanna e fazendo o que pode por ela e pelo Caleb. Justamente nessa hora, tudo muda. Seria o Lucas uma das renas ajudantes de Papai Noel –A? Nunca que as coisas são tão claras assim na trama da série, e nem deveriam ser. O certo é que este Lucas perturbado que busca ajuda desesperadamente em um grupo de apoio está a um ponto de se mostrar. Mas no fundo, eu não acho que o Lucas tenha uma relação direta com –A, acho que é mais um adolescente apaixonado e não sabe o que fazer. VAMOS ACOMPANHAR!

Deixo aqui uma dica para os pais da Aria: eles, como professores, nunca leram Shakespeare? Não sabem que quanto mais se proíbe uma história de amor de acontecer é que ela vai acontecer mesmo? E que para todo e qualquer adolescente contrariar os pais é praticamente uma obrigação?

Para os que achavam que revelar o conteúdo do telefone seria fácil, uma péssima notícia: -A e sua gangue conseguiram apagar as informações do telefone remotamente (gente, me ensina a fazer isso?) restando apenas uma foto, na qual aparece as 4 bonecas do episódio 12 e um papel de parede horroroso, que elas descobrem ser da casa do lago dos Hastings. Se eu fosse –A escolheria também uma bela casa do lago para ser o meu QG, ou “sala de Guerra” como a autora está chamando este local. Sou psicopata?

E Spencer acaba descobrindo o famigerado papel de parede bem no meio da festa surpresa que Hanna está organizando para o namorado. A loirinha, já com certo desconforto em relação à Spencer, nem dá muita bola para os avisos da amiga e se torna uma espécie de mocinha dos filmes da franquia Pânico, ao finalizar os preparativos da festa junto á um Lucas bem perturbado.

Muito sombrio o passeio de Lucas e Hanna no lago com neblina baixa e a noite. Num clima de suspense, que remonta à histórias de terror como as de Silent Hill, há inegavelmente algo de errado no ar. Agora me diz, no frio que tava fazendo, por que a Mona e o namorado estavam dando um mergulho no lago? Repararam que dava a entender que tinha alguém vigiando a Hanna e o Lucas da água? Anota aí mais um na lista de suspeitos do –A: team Mona.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER