PLL 2×25 — UNMASKED

“Estou mentindo para todos que eu gosto. Nem sei porque comecei a mentir.” — Hanna

GENTE!!!!!! Muitas emoções nesse episódio que, pra mim, foi o melhor EVER, apesar de achar a revelação um tanto quanto óbvia, uma vez que, pra quem acompanha a série religiosamente, já tinha percebido que podia ser ela.

ATENÇÃO AOS DESAVISADOS: SE VOCÊ NÃO QUER SABER QUEM É –A PARE POR AQUI E VÁ LER OUTRO POST DO BOX!

Uma coisa que eu gosto muito é o referencial cinematográfico que PLL possui. Destaco aqui três passagens: a primeira, quando as meninas estão dentro do carro indo pro motel no meio do nada atrás de mais uma pista da identidade de –A. Num clima que lembra mais uma vez Stephen King, ou mesmo os filmes da franquia Pânico, todos os elementos de cena criam um clima sombrio de suspense: os trovões, sustos baratos (eu sempre grito nessas horas) e uma trilha sonora que de tão perfeita a gente quase não percebe, mas dá o tom necessário a cena.

Outro momento, já anunciado pelos produtores, e reinventado ao estilo das nossas garotas, foi a homenagem a Hitchcock e seu clássico dos clássicos, Psicose, com a famosa cena do banheiro. Senti falta de um gritozinho da Hanna, mas dessa vez passa. E tinha que ser com ela, a mais judiada de todas as liars.

Fotografia linda, trilha sonora fantástico. Um arraso! E a escolha da fantasia de Cisne Negro para -A? Perfeita. Ela, literalmente, mandou Melissa para o sacrifício, numa tentativa desesperada de incriminar a Dra Hastings de não ter que revelar a sua identidade, mas…

…ninguém esperava que os livros fossem seguidos, mesmo que parcialmente. Acompanhem comigo, este é o meu momento Spencer:

  1. Mona, AGORA OFICIALMENTE –A, de repente começou a receber mensagens da vilã;
  2. Foi ela quem levou à Hanna o boletim de ocorrência do roubo da loirinha;
  3. De repente, –A tinha o número novo de Hanna, sem que ela NEM TIVESSE DIVULGADO NAS REDES SOCIAIS;
  4. Mona ganhou a confiança das meninas como que num passe de mágica;
  5. As mensagens de –A foram sumindo;
  6. E pra completar, ela “encontrou” as chaves do quarto 2 do resort bizarro.

Foi coerente, isso nós não podemos negar. E, com certeza, ela teve seus motivos. Essa história de “odeio vocês porque roubaram minha melhor amiga” não colou, foi uma bela desculpa esfarrapada. Como Keanu Reeves, no filme Advogado do Diabo, Mona vendeu sua alma à nossa blond bitch demoníaca Alison, corroborando a tese cinematográfica da série.

Eu estou apostando que Ali apareceu duas vezes nesse episódio: primeiro, como uma garota com um vestido vermelho e máscara dourada, que entra como uma aparição no baile de máscaras; e outra vez, dona de um look não identificado, também vermelho, no final. Aí vem o prólogo, e nos confunde ainda mais com algo do tipo: “Oi, fãs, meu nome é Mona, eu sou a –A, só que não, fui obrigada, Beijos”. Meio brochante, mas uma forma de manter a série viva. Ainda não sei se gostei disso, vamos ver se a próxima temporada me faz feliz.

Também não curti muito, e não vi sentido algum, na aparição da Dra. Sullivan Achei desnecessário. Em contrapartida, gostei muito do novelo inteiro de histórias soltas que a série deixou para serem desenvolvidas na próxima temporada, como o casal chato fofo de Rosewood, Ezria, que provavelmente vai enfrentar os olhares e o falatório da sociedade por terem se assumido, além da ira do casal Montgomery; a morte de Maya (mesmo que para mim não faça falta), que abrirá mais uma série de mistérios para a história; por que black swan saiu correndo das meninas; por que Jenna seguiu Aria no Labirinto do Fauno; quem Jenna foi ver longe de todos?; e o mais tenso: quem é –A de verdade e quais os seus motivos? E eu achando que PLL não teria fôlego para várias temporadas.

Vamos aguardar ansiosos? Vamos cantar Got a secret, can you keep it todos os dias de manhã? Foi ótimo estar com vocês nessa segunda parte da temporada e está sendo uma experiência única para mim.

Pretty Little Liars volta dia 5 de junho na summer season da TV americana. E espero estar aqui compartilhando tudo com vocês! GOD SAVE THE –A, 4EVER!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER