PLL 4×12 — Now You See Me, Now You Don’t [summer finale]

(…) a Tempestade considera a qualidade mágica do amor a primeira vista. O amor entre Miranda e Ferdinand é uma força da natureza” — Ezra

Sim, ela prometeu e cumpriu: depois de uma temporada bem fraca, veio essa summer finale e bateu com tanta força na nossa cara que ainda estou zonzo! Quanta coisa resolvida em um único episódio, heim? Fantástico o episódio, mas dica de amigo: fazer um episódio foda em detrimento de diversos horríveis expõe um grande erro de ritmo no roteiro.

Vamos por partes. Desde a primeira temporada a gente vem se perguntando: qual o objetivo de -A em atazanar a vida de Hanna, Spencer, Emily e Aria? Sadismo? Não meus amigos, o grande motivo é a obsessão que um dos personagens masculinos desenvolveu por Alison. Poderia bem ser Wilden, e, com a morte dele, essa história de -A teria um fim. Porém, com a morte do policial, foram desencadeadas reações que levaram -A a um beco sem saída.

PLL 4x12 3

E é nessa hora que a série mostra que tem mais conteúdo que a gente pensa. O roteiro volta-se à literatura e ao cinema para contar a história de como chegamos a este ponto. Em A Tempestade, de Shakespeare, uma tempestade atrai dois personagens para uma ilha distante e lá, as maquinações Próspero expõe a natureza vil de Antônio, provocando a redenção do rei, e o casamento de Miranda com o filho de Alonso, Ferdinando. Não foi a toa que Ezra citou a trama da dramaturgo inglês no inicio do episódio.

Alguns já levantaram a questão de porque ele estava na cidade logo no dia do funeral de Alison. Até hoje, eram apenas especulações, mas eu entendo que ele estava em Rosewood para se envolver com alguma das amigas de Alison e iniciar a sua caçada rumo a blondie unforgettable bitch (tem que ser inesquecível, gente, tipo golden pussy!). Anos tramando contra sua Miranda, Ezra vê sua vida virar uma confusão com a chegada de Malcon e até perdoo o desaparecimento de -A por tanto tempo. Agora que o garoto não é filho dele, voltemos à programação normal e os infindáveis enigmas ameaçadores para as garotas.

Ela nunca foi a lugar nenhum. E ela não quer ser encontrada. Vocês estão sendo vigiadas. Ele espera que o levem a Alison” — Mrs Grunwald

PLL 4x12 2

Sim, Ezra é -A. É ele por trás das maquinações e das chantagens que o quarteto de mentirosas vem sofrendo desde o desaparecimento de Alison. E as ligações com Ravenswood recaem sobre a vidente que ajudou e resgatou Alison de ser enterrada viva. Ezra enterrou Ali viva? Eu achava que a falta de expressão da personagem era limitação do ator, mas estou começando a pensar que faz parte da mente doentia do psicopata que ele é. Falta de empatia, aparecer na hora certa, no lugar certo (aka Trem do Halloween) e ainda se manter próximo do inimigo são estratégias dignas de manipulador de primeira linha.

Então este tempo todo Alison está correndo de Ezra, o verdadeiro “assassino” da série. E faz sentido a morte de Ian e Garret, pois ele tinha que ter o total controle sobre o NAT Club (O Big Brother Rosewood) e desta forma observava as garotas em todos os locais. Este clube foi capaz de produzir um software que monitora todos os passos das pessoas envolvidas com Alison em Rosewood e muito ´provavelmente por terem descoberto que Ezra estava usando o clube com este propósito, foram eliminado. O demais que sumiram é economia de elenco mesmo.

E o Red Team? Cece e Alison são verdadeiras vítimas da perseguição de -A tanto quanto as liars. Elas, junto à Melissa, Wren, Shana e Jenna conhecem bem o poderio de -A fazem de tudo para se livrar do envolvimento. Jenna e Shana sabem demais. Muito provavelmente ajudaram Alison e Cece se esconderem de -A. Wren e Melissa sabiam demais, estavam intimamente envolvidos com os membros do NAT Club no último verão de Alison e são possíveis riscos ao plano de Ezra. Lembram que Melissa disse à Spencer que tudo que ela fez foi para proteger a mais nova das Hastings? Pois é, quem imaginaria que Melissa está falando a verdade.

Uma dúvida minha foi a participação de Mona nisso tudo. Ela é inteligente, cedeu às chantagens de -A (assim como Toby) mas tinha um histórico de vingança contra as garotas e contra Ali. Porque, então, ajudá-las quando foi “descoberta” como bode expiatório de -A?

PLL 4x12

E uma das coisas que me fez morder a língua foi a importância dos cônjuges neste episódio. Na hora do aperto, elas correm para o colo, para o porto seguro de seus namorados. Linda a cena, ao som de This Isn’t Control, de MS MR. E como sempre, um último beijo para Aria e Ezra. Será?

Foram muitas respostas, mas que levantaram muitos questionamentos ainda (corre pros comentários, gente!) que agora eu acredito que serão revelados, mesmo que apenas em março de 2015, no final da quinta e (eu espero) última temporada. E como sobreviver agora até o especial de Halloween? E depois até janeiro de 2014? Na hora que a série esquenta, ela acaba. Enfim, é o jeitinho de Marlene King. Até lá e GOD SAVE THE -A!

P.S: Guardem essas palavras: ALISON ESTÁ VIVA!!!!!!

P.S: A séria ganha um folego novo, gostei demais!

P.S.2: Alguém patrocina outro telefone para Aria, de preferência um smartphone de touch, um iphone ou windows phone, deixa de ser alternativa, garota! #desabafei

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER