PLL 6×06 — No Stone Unturned

O episódio que colocou os personagens de Pretty Little Liars no “mesmo” patamar que nós, os expectadores.

Porque eu estou bipando? Eu nem roubei nada ainda.” MARIN, Hanna.

Esse episódio foi feito para aquelas pessoas que realmente acreditaram no roteiro de Pretty Little Liars e confiaram que Charles DiLaurentis estava morto e alguém estava se passando por ele para aterrorizar as garotas. Esse episódio foi feito para dizer a você que Pretty Little Liars é sacana e estava esperando que você pensasse desse jeito. Esse episódio nada mais foi do que a confirmação do que eu já esperava. Até porque, quem é Lesli Stone no jogo do bicho para ter alguma serventia pro roteiro, não é mesmo?!

Pois bem amiguinhos, eu vi algumas pessoas dizendo que o episódio foi parado e que foi o maior filler da temporada, mas vamos ser sinceros? Não foi. Pretty Little Liars tem a mania de nos dar mais informações do que para seus personagens, mas para começar a fechar o cerco é preciso que nós e eles estejamos juntos nos deliciando com cada descoberta. A certeza de que Charles não morreu (e olha, precisou Mona tacar a verdade pelo meio da cara de Spencer) era o que todo mundo precisava para focar em quem realmente importa.

Lesli era mais um obstáculo com feições de destino final para distrair as garotas, e Charles até conseguiu. Foi engraçado ver toda a cena de Hanna salvadora dos animais morrendo de medo do guaxinim e do rato no ombro de Aria. A série vem funcionando bem em criar alívio cômico nas próprias cafajestagens de roteiro, o que é bem legal porque mostra que ela aprendeu a não esperar que o público a leve a sério. Até porque, estamos falando de Pretty Litte Liars né?

pretty little liars 606

Passei meia hora de episódio sem uma cota de Alison (inclusive saudades Ali) ou Mona, sofrendo com uma Spencer um pouco menos inteligente e muito mais despirocada por causa dos brownies batizados, mas valeu a pena quando as luzes daquele laboratório se apagaram e Mona apareceu de supetão acendendo a lanterna. Rainha é rainha, né mores? Chegou no episódio só pra jogar os fatos pro mundo e mostrar o porquê ela foi A- por tanto tempo sem que as lerdas desconfiassem.

Não vou mentir que agora eu quase sempre me esqueço que Emily é parte do squad de mentirosinhas porque parece que ela tá vivendo uma novela própria dentro da trama. Pior do que nunca, na verdade. Ninguém suporta Sara, mas ainda assim a personagem continua ali sendo forçada a descer por nossas goelas com aquele cabelo loiro cada dia mais artificial e aquela voz insuportável. Juro, cada dia mais conto os segundos para que Marlene canse da personagem e faça ela sumir como tantos outros.

O que também deveria sumir da trama é esse namoro, que já perdeu o tempero há tempos, de Spencer e Toby. Gente, pensar que ela trocou o Dean com aquela fofura toda por um cara que desde a terceira temporada não fez muita coisa por ela além de ser o primeiro cara com quem ela transou. Essa coisa de “end game” só funciona com Hanna e Caleb. Nem adianta forçar Spoby e Ezria porque simplesmente já deu.

Se bem que depois desse episódio eu meio que senti uma vibe entre Ezra e Aria que me fez lembrar de porque eu gostava deles no início da série que quase me fez torcer pra eles voltarem a ficar juntos. Mas apenas não. Já foram desgastados demais para que se possa seguir em frente. Na verdade Pretty Little Liars poderia explorar o corpo dos seus atores que nem Deadpool tá fazendo com Ryan Reynolds, porquê isso não tá nem um pouco desgastado. Saudades shirtless e biquínis enchendo minha tela.

Foi até engraçado ver um episódio que já no título tem referência à uma personagem, onde as personagens investigam o carro dela, usam o arsenal de óculos fake dela (inclusive de cabeça para baixo, né Spence?) e a personagem não aparece! Coisas de Pretty Little Liars.

Papai DiLaurentis dando as caras sem ser para reclamar com Alison ou esconder segredos familiares também foi muito legal de acompanhar. Ter a certeza de que o filho psicopata tá vivo me deixaria mais maluco do que ele ficou, e acho que eu teria ido cavucar a cova do moleque antes mesmo de ligar para a galera boa do Radley. Agora é esperar para ver o que ele vai fazer no próximo episódio.

Estamos a três episódios de ficar #fAceaface com nosso queridinho e agora é esperar pra ver o que esse time incrível (cof cof) de roteiristas vai nos entregar, né não?

Fiquem com a promo do episódio e se empolguem que nem eu. Porque se tem uma coisa que Pretty Little Liars sabe fazer é isso: nos empolgar com o vídeo promocional.

Até semana que vem!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER