Por que temer os teasers de American Horror Story?

Os recentes teasers divulgados pelo canal FX americano para promover a nova temporada de American Horror Story são de causar arrepios. Não há dúvidas sobre isso. Mas ao contrário do que se imagina, isso se deve não porque as imagens retratam cenas macabras que insinuam alguma morte violenta ou o surgimento de algo demoníaco, muito menos pela insinuação religiosa que dará o tom desta temporada. O medo dos teasers é causado por não representarem a série como produto final.

Levando em consideração os promos da primeira temporada, é impossível não pensar que a mesma situação se repetirá. Seremos bombardeados com belos filmes de fotografia bastante trabalhada e de edição apurada, mostrando de forma conceitual os temas que podem ser abordados pela série.

Até mesmo o pôster dava a ideia errada do Homem de Borracha, que parecia um ser sobrenatural feito deste material, e que teria a capacidade de atravessar as paredes. Quem assistiu sabe que a realidade foi outra.

O grande problema é que a diferença entre a divulgação e o resultado final foi tão discrepante que cheirou a propaganda enganosa. Esse é um grave ruído na divulgação da série e algo para ser levado a sério. Mais importante, por que uma série opta por se executar com um potencial menor, quando demonstra claramente que pode fazer muito mais? Isso sem contar a falta de credibilidade que ela gerou para si.

O que acabamos por ver foi uma série que não recebeu o mesmo fino trato e que, aliás, teve seu final encurtado porque Ryan Murphy (criador da série) decidiu dar atenção para a produção de Glee (lembrando que agora Ryan também produz a comédia The New Normal). Além disso, todo o lado conceitual e artístico dela foi jogado no lixo, sobrando uma história de suspense menos inteligente e intricada.

Ainda não é possível prever como será a nova temporada de American Horror Story sem algo mais substancial ser liberado (e porque se tornou inviável confiar nos teasers divulgados). Mas a discussão sobre expectativa versus realidade se torna importante, pois ela diz muito sobre a série em si e como age esse mercado que é a TV, louca pela atenção e o apelo do público. Se a produção buscava dar motivos para se ter medo, ela realmente conseguiu. O problema é que ele se tornou pejorativo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER