Programas sobre obesos dominam TV nos EUA

Esqueça todos os outros estereótipos que já viu na TV, seja nerd, modelete ou periguete. A moda agora é uma e única: ser gordinho.

A TV americana tem preenchido sua grade com programas sobre eles. Na ABC, temos The Bachelor, reality sobre namoro que desta vez se foca no tema. Na NBC, temos The Biggest Loser, outro reality, mas desta vez para perder peso e não para ganhar pretendentes.

Além desses, o canal VH1 traz Celebrity Fit Club, no Style há Too Fat for Fifteen: Fighting Back, Obese e Jamie Oliver’s Food Revolution, sem deixar de lado Thintervention, no canal Bravo. Todos trazem participantes que lidam com a questão das gordurinhas.

Já no que tange as séries, temos Huge, da ABC Family, que acabou sendo cancelada, The Honeymooners, Roseanne e The King of Queens. A novidade da vez é Mike & Molly da CBS, criação do gênio das sitcoms, Chuck Lorre, que conta a vida de um casal plus size, representados por Melissa McCarthy e Billy Gardell, cujos personagens se conheceram em uma reunião de anônimos ao estilo “Pessoas Que Comem Demais”.

“Ninguém canibaliza um tema melhor do que Hollywood,” diz JD Roth, co-criador de Biggest Loser e também produtor de Obese, que está preparando mais um programa relacionado ao tema, What’s Eating You, para o E! “Assim que algum tema rende, há que se criar umas 40 novas versões dele imediatamente. Quanto mais, melhor.”

A novata Thintervention, que trata do assunto, estreou com 1,2 milhões de telespectadores de audiência, o que é bastante para uma premiere do canal Bravo em noite de segunda-feira. O programa é estrelado por Jackie Warner, uma treinadora super conhecida por outra atração do canal, Workout. Assim como Biggest Loser, Thintervention mostra pessoas reais que se esforçam para perder peso.

“Eu acho esses programas sobre perda de peso ótimos,” disse Warner. “Eu amo Dance Your Ass Off [Canal Oxygen]. Essas pessoas mostram tanto empenho no que estão fazendo. Acho que os Estados Unidos precisa ver isso. Não dá para crer no quão confuso este país é no que diz respeito a perder peso.”

Dave Ehlers, diretor e gerente de entretenimento da ZenithOptimedia, afirma que todos estes programas são “excelentes veículos para propagandas de marcas interessadas no público que busca um novo estilo de vida.”

E esse perfil é consideravelmente alto na terra do Tio Sam. De acordo com o Centro Nacional de Controle de Doenças dos Estados Unidos, 17% das crianças e 34% dos adultos estão acima do peso. Isso mostra que pode haver público interessado em programas de TV do tipo.

Outra prova é a audiência de The Biggest Loser, que alcançou 10,4 milhões em sua última estreia, número que pode ser comparado a outros programas similares e de sucesso.

“Alguns programas ainda focam no lado negativo quando tratam do tema obesidade, mas pouco a pouco isso está mudando. O aumento de audiência para estes programas tem a ver com isso”, disse Chad Bennett, do desenvolvimento e produção do programa The Biggest Loser.

Resta esperar para ver como os próximos programas tratarão o tema.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!