Ray Donovan: a nova aposta da Showtime

O canal americano Showtime disponibilizou na ultima terça feira (18), o piloto da sua mais nova aposta: Ray Donovan. A série é estrelada por Liev Schreiber, famoso nos cinemas por participar da franquia Pânico, e ter co-estrelado com Hugh Jackman o filme Wolverine. Desta vez, Schreiber encarna o personagem título da série, que fez sua fama em Los Angeles ao se transformar em uma espécie de fixer, que trabalha em uma agência voltada para dar solução em problemas causados por ricos e famosos em Hollywood.

O primeiro episódio liberado pela emissora não deixa de ser instigante. Conhecemos um pouco da vida de Ray, e como é o seu trabalho, em um caso inicial bem empolgante, que não toma nem 15 dos 58 minutos de episódio. A série tenta deixar bem claro que o personagem título é muito bom no que faz. O episódio aparenta pecar ao apresentar muitos personagens, e consequentemente, mais histórias do que um piloto deva merecer. Assistindo ao piloto, em algumas cenas você se pegará em situações que funcionariam bem melhor, se você já fosse mais familiarizado com a história da série. Isso nunca é bom para um primeiro episódio de uma série, só que de alguma forma ele acaba funcionando.

Ray Donovan 2

Isso porque, o que série quer nos mostrar é que Ray é um excelente profissional. Resolve as coisas bem fácil e rapidamente. Tanto que, o início e o final do episódio deixa bem claro isso. Seja simplesmente dando uma ordem ao telefone, ou colocando a mão na massa. Entretanto, a complexidade de Ray Donovan esta em explorar a vida pessoal do personagem, e é esse o grande segredo da série.

Ray tem problemas com a esposa (ao ver uma mulher de seu passado retornar a sua vida), uma relação não tão afetiva com seus filhos — apesar de se mostrar um pai bem preocupado com a vida deles, e uma família mais do que bagunçada: seus irmãos, cada um com suas particularidades se encaixam na história de Ray, assim como o seu pai, que é solto após passar anos na cadeia, incriminado pelo próprio filho. E se engana quem achava que os casos de Hollywood seriam o grande centro das atenções da série. Pois o primeiro episódio deixa bem claro, que o grande protagonista será as ligações conflituosas de Ray com sua família, se contrapondo a sua eficácia de um trabalho bem comum na Cidade dos Anjos, mas não tão convencional.

RAY_S1_PR03A_LivingRoomBat_sitting_WINDOW.R.jpg

O episódio como um todo funciona muito bem. Como já apontei, se preocupou demais em apresentar muitos personagens, o que pode ter tornando o ritmo da série um pouco lento na metade final, se contrapondo com o início bem dinâmico. Mas isso não se torna um problema, em um episódio que consegue cativar o espectador, e o instigar a voltar no segundo episódio, para descobrir mais sobre o passado de Ray, assim como ver ele em ação, contornando as mais absurdas situações que as celebridades de Hollywood se envolvem.

A primeira temporada terá 12 episódios, e este episódio irá ao ar oficialmente pelo canal no dia 30 de junho, fazendo dobradinha com a temporada final de Dexter. Tem tudo para ser um grande sucesso, e apresentar boas histórias. Vamos ficar no aguardo e ver como a série se desenvolverá.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Por essa a Ru Paul não esperava. Analisamos os piores looks da Mamma Ru, como bons guest judges.

Visitamos a Casa Warner com o tema Friends e mostramos tudo nesse vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER