Revenge 1×16 — Scandal

“Quando você olha pra frente e a escuridão é tudo o que vê, apenas razão e determinação podem puxá-lo de volta do abismo.”Emily Thorne

Depois do excelente Chaos, a série mais maliciosa da fall season voltou com um episódio salvo pelo gongo. Só o final importou e deu valor a existência de Scandal. O resto foi chato, arrastado, sem surpresas e revelações, nada diferente ou interessante, apenas tudo dentro do meu cronograma de especulações. Mas como se trata de Revenge, não dá pra definir algo com veemência, então Scandal também teve seu lado bom, tornando toda essa chatice compreensível. O bem subjugou o mal, o fim justificou todo o meio.

Daniel, finalmente, deu aquela esperada guinada. Passando por uma fase difícil, veio a tona vários lados ocultos no seu subconsciente. Esse seu lado negro abriu as portas para várias novas possíveis atitudes, desde inimigo qualificado de Emily ao banana boy de sempre. Já na questão judicial, eu entendo o veredicto da juíza, afinal estava tudo contra ele, o rapaz tem antecedentes e não soube disfarçar, parecia o riquinho mimado esperando que o dinheiro da família limpasse tudo.

Falando nos Graysons, Conrad e Victoria tiveram que aparar as arestas e se unir para ajudar o filho. E pelo jeito o Sr. Grayson ainda tem uma quedinha pela Rainha, mas vou confessar que eu também tenho. Já Charlotte ainda tá naquela, mas o pior de tudo é ela não poder se tratar. Mas nem tudo é ruim nela, eu acho que boa parte do despertar sentimental da nossa revenge girl se deve a sua meia irmã, o que achávamos que seria uma forma de vingança, está se aproximando cada vez mais do perdão. Mas essa não é uma história sobre perdão, ou não deveria ser.

Ashley também acordou pra vida. Desde o início, essa personagem prometia ser uma naja, mas esperava algo mais venenoso. Já Nolan se uniu com Takeda para proteger Emily e descobriu o plano de Ashley. E Amanda finalmente sumiu.

Os roteiristas não nos enrolaram e minha teoria estava certa: Takeda matou Tyler. Depois que nossa vingadora se desviou pelo sentimentalismo, Takeda teve que entrar em ação, impedir que tudo fosse perdido e assegurar que a Emily vingativa estivesse de volta.

A cena mais intrigante desse episódio, porém, foi quando Emily quebra a Infinity Box ou, para nós, o Kit Vingança. Suas escolhas e sua vingança acabaram envolvendo quem ela menos queria, e Takeda foi bem categórico, seja qual for o caminho que Emily seguir, um de seus amores a acompanhará, enquanto o outro poderá ser prejudicado.

Depois de uma intensa batalha cujas consequências são gigantescas, é preciso recuar, e é aí que os problemas afloram, que se avaliam as atitudes tomadas e traçam-se as próximas metas. Quais serão as próximas atitudes de Emily?

Revenge só volta no dia 11 de abril e para minimizar a saudade deixo pra vocês uma promo exibida no intervalo do Oscar, porque nós estamos apenas começando.

Até abril, vingadores!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER