Revenge 1×17 — Doubt

“A dúvida é uma doença. Afeta a mente, gera desconfiança dos motivos alheios e do conhecimento alheio. A dúvida tem a habilidade de pôr em dúvida tudo o que se acredita sobre alguém e reforçar as suspeitas mais sombrias à nossa volta.” — Emily Thorne

Depois de um longo hiato, a série mais maliciosa da fall season — ainda posso usar esse termo produção?! — finalmente voltou com um ótimo episódio, onde o título conversava a todo o momento com o enredo. O clima estava tenso, a desconfiança permeava todos os personagens e o inverno definitivamente já havia chegado a Hamptons.

A breve passagem de Daniel pela prisão me veio melhor que a encomenda. Graças a ela pudemos ver uma tensão crescendo na relação entre Emily e Victoria. Adorei essa guerra fria, esse clima conspiratório, uma querendo derrubar a outra, mas não podendo demonstrar todo o ódio que sentem devido às circunstâncias e fazendo o que a gente mais ama, muito CARÃO. A cena das duas na penitenciária foi um retrato tão perfeito dessa situação que eu tinha que pôr na review.

Doubt parecia estar focado na Rainha. Ela resolveu mostrar todo o seu potencial maquiavélico e provou ser tão má e ter tantos contatos quanto Emily. A surra que Daniel levou na cadeia só veio para comprovar dois lados fortes de Victoria, a mãe leoa e a mulher capaz de tudo para alcançar seus objetivos, mas os fins não justificam os meios e quando Daniel souber a verdade não irá perdoar a mãe.

E finalmente conhecemos o affair de Victoria que não poderia ser mais clichê, a Rainha tinha que se interessar por um plebeu (Lily e Rufus 2.0). Eu nem gravei o nome dele, mas claro que tinha que ser um pintor, vivendo em um loft cheio de telas em Nova Iorque, com a aparência descuidada, a barba por fazer e tenho certeza que seu hálito cheirava a álcool, mas fazer o que, elas preferem os boêmios (vem ni mim Vic!).

Com Jack em perigo, Emily tinha que tomar alguma atitude. É incrível o poder de persuasão, o raciocínio rápido e o modo que todas as suas ações geram um efeito dominó. Usando Mason Treadwell, ela conseguiu revelar o segredo de Charlotte, acabar com o namoro da garota com Declan (fogos de artifício!), fazer Victoria dar um tapão na filha (mais fogos!) e, o melhor de tudo, é que no final é o chato do Treadwell que leva a culpa.

Mas nem tudo é fácil para nossa vingadora, conforme avisou Takeda, Emily não pode ficar com seus dois amores. Ao salvar Jack das acusações do assassinato de Tyler (1 sdd!) ela acabou com a defesa de Daniel.

As dúvidas estavam tão fortes, os olhares tão desconfiados que não foi estranho ver Victoria suspeitando de Emily. Será que os dias de poder da nossa revenge girl estão contados e o círculo finalmente está se fechando?

Momentos risíveis: Ashley sendo assessora de imprensa dos Grayson (esperava mais Ash!), Emily usando seu passado no reformatório para dar dicas à Daniel na prisão, mas nada superou nossa vingadora atacando de peruca.

Até mais, vingadores!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER