Revenge 2×05 — Forgiveness

– Estive tão focada em encontrá-la, que nunca parei para pensar em quem ela é. — Emily Thorne
– Então deixe-me te ajudar a se lembrar o que veio fazer… Vingar a morte do seu pai.” — Aiden Mathis

Hora de avaliar os estragos.

Revenge funciona assim, uma sequência de capítulos com revelações e acontecimentos bombásticos e uma curta levada de episódios mais leves, para analisar as consequências, retraçar os planos e preparar as próximas explosões. O episódio dessa semana se enquadra nesse último grupo.

Forgiveness começou dando respostas para as perguntas que o episódio passado deixou no ar. Adorei a forma como organizaram a cronologia da série, os flashbacks nunca foram tão importantes. A insanidade de Kara foi responsável tanto pelo divórcio quanto pela sua “morte”, e todas as atitudes foram tomadas pelo bem de Emily, pena que dessa parte ela não pode se lembrar.

O encontro de Victoria e Kara foi uma das cenas mais lindas da série, aliás, todas as sequências envolvendo Vic, Kara e Conrad foram dignas de aplausos. A surpresa, a tensão, o medo, estavam tudo ali, presentes nos olhares desconfiados, nos gestos furtivos e principalmente nas indiretas. Uma reunião de dissimulados.

Cartão amarelo para Padma e Aiden! Alguém pergunta pra essa indiana o que ela tá querendo? Padma não tem profissionalismo no quesito bisbilhotar e o erro dela foi o acerto de Aiden.

Daniel e Aiden se unem para controlarem a Nolcorp. O que por um lado pode trazer Daniel para o lado negro da força, por outro — o mais importante — pode ferrar com o Nolan. Nem preciso lembrar que com Nolan não se mexe, e se Daniel e Aiden tiverem a audácia desrespeitar essa regra, é a prova de que o Jack é o melhor pretendente para Emily.

E eu não sei se sinto mais dó da Emily ou da Amanda. Seus dilemas são cada vez mais profundos, e o retorno de Kara aprofundou ainda mais essa relação. Ver Fake perdoando a mãe que não é dela foi tocante, mas ver Emily se espreitando para conhecer Kara e falando indiretamente tudo o que ela gostaria de falar de filha para mãe foi de cortar o coração.

A relação das colegas de reformatório já passou de uma manter o segredo da outra, eu as vejo hoje como amigas e Emily revelar para Amanda que Jack é realmente o pai de Carl prova isso.

E ainda temos o retorno de Mason Treadwell, decidido a desvendar os segredos de todos. Eu acho que ele vai acabar descobrindo a troca de identidades e que é ele quem está afundado com o Amanda, no maior estilo Tyler 2.0.

E preparem-se, pois o casamento do ano se aproxima, e lembrem-se que se a festa é dos Grayson, a diversão é nossa. Até mais vingadores!

Deus, eu amo os Hamptons.” — Mason Treadwell

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER