Revenge 2×19 — Identity

A verdadeira identidade de uma pessoa, muitas vezes, pode ser difícil de discernir, mesmo para si próprias. Causando-a a questionar seu caráter, sua vocação, sua própria existência. Para muitos, o tempo elucida. Mas, para outros, essas perguntas permanecem sem resposta, pois uma identidade pode não ser totalmente definida quando se trata de um segredo escondido.” — Thorne, Emily.

Um dilema para Emily Thorne.

Após três semanas de hiato, Revenge volta com um episódio pra fechar mais um plot, reafirmar a vingança de Emily e esquentar uma trama que cada vez mais ganha destaque: o filho bastardo de Victoria, Patrick. Foi notável a ênfase em Nolan nesse episódio, a história se concentrou nele, mas quem roubou a cena foi Victoria em uma ótima atuação de Madeleine Stowe. O episódio poderia ter sido bem melhor, menos morno, mas é algo totalmente compreensivo devido a proximidade da provável morte de Padma.

Em Identity, subjetivamente, Emily ganha um novo dilema: o que acontecerá após a conclusão da vingança? Quem ela realmente é? Analisando a frase destacada que deu início ao episódio, podemos interpretar que Emily e Amanda dividem o mesmo corpo alimentado pela vingança há tanto tempo que é difícil para ela mesma discernir quem é quem, discernir onde acaba Amanda e onde começa Emily, discernir quem é a verdadeira ocupante daquele corpo e quem, no fim, quando toda essa história acabar, viverá.

Ao acordar pela manhã e se olhar no espelho, o corpo já não reconhece quem vive ali. Qual das duas ela é hoje? Qual das duas ela foi ontem? Qual das duas ela quer realmente ser? O final do episódio só veio complementar esse dilema, até então não explorado. Após se vingar dos Grayson, ela poderá assumir seu relacionamento com Aiden, mas a essa altura, já pouco importa com quem ela quer ficar, queremos saber por qual das duas ela optará, pela fria e calculista Emily Thorne ou pela doce e romântica Amanda Clarke.

Revenge 2x19

Ao embarcar em uma vingança, cave duas covas, a primeira para os seus inimigos e a outra para tudo aquilo que você deixou de viver, para uma parte sua que morreu em prol da vingança. Quem se deitará na segunda cova, Emily ou Amanda? Enquanto o seu segredo continuar escondido, a verdadeira identidade não poderá ser definida. Já temos mais um motivo para torcer para que a grande revelação da série ocorra logo.

Falando em identidade, a do Falcon foi revelada. A princípio eu duvidei que aquela oriental mais que estranha fosse o tão temido e poderoso Falcon, mas no final até que fez sentido com a explicação que deram e a foto de Emily comprovando, porém nada explica o furo que fizeram. Que super hacker põe um pen drive na sua máquina e não dá uma escaneada ali pra ver se não tem nada perigoso? Que super hacker não tem um programinha qualquer pra proteger seu computador de possíveis invasões? Apesar dos erros, foi lindo ver nossa dupla dinâmica trabalhando juntos novamente, e no fim, foi Nolan quem marcou um X na foto.

Ashley e Jack continuam nessa de se vingar do Conrad. Juntaram os personagens mais avulsos e deram um plot pros dois. Eu gostei, mas nem fez muita diferença, Ashley continua sendo chata e Jack tá começando a encher com essa cara de “me deixa, eu tenho um plano”. Tô só esperando Ash meter o pé na bunda do Jack e sair desfilando de braço cruzado com Conrad, tá na cara que vai dar tudo errado, pro Jack.

Por fim o drama de Queen Victoria. Duas palavras: que dó! Ainda está longe de conhecermos tudo sobre a Rainha, o passado é o seu grande segredo e o que justifica a forma como ela é hoje. Essa pose e esse título com o qual ela se autointitula a Rainha dos Hamptons é só uma forma de esconder sua real identidade. Victoria é só uma mulher marcada pelo tempo, machucada pelo passado, por tudo que viveu, é sensível, é humana, mas escolheu não demonstrar, escolheu buscar refúgio no poder, escolheu viver sob uma máscara, e tal escolha acaba desenvolvendo um forte sentimento de arrependimento, de remorso. Remorso por destruir a vida do homem que ela amava, remorso por ter abandonado um filho, remorso por não ter feito as escolhas certas. Será que em um embate direto entre a verdadeira Emily e a verdadeira Victoria poderia surgir o perdão?

Faltam três episódios para encerrarmos essa controversa segunda temporada de Revenge. Esperando muito, que Mike Kelley encerre a temporada e seus trabalhos na série de forma grandiosa. Até mais vingadores!

P.S.: Charlotte fazendo a Serena Van Der Woodsen assim do nada? Compensa um tapa com um beijo? Por favor Charlie, não deixe o Upper East Side te influenciar.

“Is started.”

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER