Revenge 3×04 — Mercy

Esta galeria é minha agora”, Grayson, Victoria

A vida teve um pouco de misericórdia com os inimigos de Emily Thorne — e nós ganhamos um episódio deliciosamente maquiavélico.

Tá certo que a primeira metade foi meio morna, mas, uau, Revenge is on fire! Só esses quatro primeiros episódios superaram a segunda temporada toda (admitam, lidem com isso, aquela Iniciativa foi desperdício de tempo).

O mais interessante foi ver seis personagens com “agendas” próprias se movimentando para conseguirem o que querem, só para atrasar os planos perfeitos de nossa vingadora.

Como eu suspeitei antes, Conrad não se arrependeu de seus pecados porcaria nenhuma. Ardiloso, tramou uma forma de eliminar Padre Paul, este sim disposto a revelar tudo sobre a questão David Clarke. Os bons vão cedo. Descanse em paz.

revenge-3x04-mercy

Por muito pouco, Emily não conseguiu limpar o nome do seu pai, mas, convenhamos, essa história de Padre Paul tinha caído no colo dela, né? Ela tentou fazer uma limonada depois de ter colhido alguns limões, mas agora a coisa azedou de vez.

Ainda mais azeda ficou a situação por conta de Conrad ter descoberto que não está doente e estar se sentindo mais divino do que nunca! Divino, não, demoníaco, já que, como bem disseram, agora ele está achando que venceu Deus.

Conrad ainda contou com a ajuda preciosa de Daniel, que auxiliou o pai a encobrir sua culpa no acidente, para proteger os próprios interesses. Esse menino, vou te contar, viu… é sempre uma pedrinha no Loubie da Emily! Mas agora ele não tem interesses em escândalos familiares que tirem a atenção de sua “grande” estreia como editor. Isso sem contar a raivinha que ele ficou com a pequena vingança de Emily por ele estar encobrindo o pai. Aliás, gostei que o sangue da Emily esquentou a ponto de ela reviver o acidente que ele teve pré-Revenge para um grande público e que deixou a ex-namorada incapacitada. Tá certinha, Em! Guarda o sangue de barata pras batalhas grandes, que você vai precisar, amiga! E vamos dizer a verdade: Daniel estava merecendo um chacoalhão. Só não gostei da ceninha dele, de ir dormir fora de casa e tal. Tudo indica que ele é o noivo do casamento que veremos em breve. Ou será que não??

Jack é outro com interesses próprios e (finalmente!) partiu pra ação neste episódio. As intenções dele ficaram mais claras, por isso ele está acelerando a vingança de Emily, porque quer que Conrad pague por qualquer crime, para compensar as mortes de Amanda e Declan. Fiquei até sem fôlego quando ele pegou o celular e ligou pra alguém, dizendo que queria informações! Por um instante achei que ele tinha seu próprio #TeamRevenge… mas era só o mecânico. Mesmo assim, gostei de ver JP (amei o apelido da Charlotte) tomando atitudes. Só não sei até quando Emily vai recusar a ajuda dele e insistir em mantê-lo longe da sujeira da vingança.

O quarto a defender seus próprios interesses foi Aiden. Embora diga a Emily que está ali para fazer tudo do jeito dela, ele não hesitou em jogar o nome de Jack na roda de fogo, mentindo que o o rapaz foi o responsável pela sabotagem do carro de Conrad. Aiden voltou a ocupar um lugar dúbio na história, deixando dúvidas se está mesmo do lado da Emily e teve uma crise de ciúme ou se vai ser um obstáculo no caminho da sua “aliada”.

Outro que foi atrás de seus próprios interesses, com boas doses de dualidade também, foi Patrick. O episódio inteiro nos fez crer que ele estava traindo a mãe, apenas para descobrirmos que ele é o único filho de Victoria disposto a sujar as mãos ppor ela. E não foi por amor, não, viu, gente! Escreve o que tô dizendo: Patrick quer a confiança cega de Victoria Grayson para derrubá-la no momento certo. Não sei se é recalque pelos anos que passou longe do luxo dos Hamptons, enquanto os irmãos levavam vida de marajá, ou se ele quer roubá-la, mas tá fedendo essa história. E será que Nolan é uma distração ou parte do plano do gato?? Já pode shippar os nomes do novo casal? Patrolan? Nolatrick? Eu sei, sou péssima nisso, então me ajudem aí nos comentários com sugestões!

E para encerrar, dá licença, que Victoria Grayson está voltando pro posto de rainha! Sai da frente que quem fica no caminho sai machucado. Ela arquitetou um plano engenhoso para ganhar uma galeria de arte que ela mesma ajudou a erguer, como cliente valiosa. Gênia. APPLAUSE! Vocês acharam mesmo mesmo que ela ia aceitar dar a alguém o gostinho que a “amiga” estava tendo em vê-la derrotada e humilhada?

E será que, além das preferências sexuais, Nolan, de volta ao que ele faz de melhor, descobriu mais algum podre de Patrick Osbourne?

O próximo episódio será Control. Será que Emily recupera ou perde o controle da sua vendeta, hein? Veja o promo:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER