Revenge 3×05 — Control

Quanto mais coisas você tenta controlar, maior a chance de errar” Nolan

Deixando as referências bíblicas um pouco de lado, esse episódio de Revenge falou de controle — e da falta dele.

No decorrer de Control, vimos controlados se tornarem controladores e vice-versa, no delicioso jogo de “é mas não é” que a série faz tão bem. Aqui continuamos com mais intrigas e jogos, dando continuidade com dignidade aos eventos do episódio anterior.

revenge-3x05-control

Emily está perdendo o controle de tudo. Perdendo o controle de seu noivo, de seu aliado, das situações ao seu redor. Nisso tudo, como bem lembrou a narração inicial, a maior ameaça ao sucesso é perder o controle dos seus aliados — e Aiden tem sido uma pequena dor de cabeça para nossa vingadora. Afinal, ele mesmo quer ter algum controle, já que faz o maior jogo de manipulação dos bastidores atualmente — pelo menos do que temos notícia, já que não sei ainda quais os propósitos de Patrick (mas eu chego lá). Aiden está dando uma de agente triplo, manipulando Victoria, Conrad e Emily. Só que Emily soube bem como recuperar o controle do seu “aliado”. Não sei se ela figiu todo aquele carinho por ele, mas conseguiu até me convencer — e isso mancha um pouco o sentimento arrebatador que eu quero que ela tenha por Jack.

Eu esperava mais, aliás, do embate entre Aiden e Jack, mas obviamente este último estava em desvantagem, por não conhecer o rival. Mas que o britânico não subestime o barman, porque a chave para o coração da Emily é uma arma muito poderosa.

Não tô botando fé, entretanto, no romance de Jack e Margaux. Senti que ele está forçando uma situação, mas só sei que ele não precisa dessa distração agora.

A francesinha, inclusive, conseguiu manipuar bem o ex, Daniel, colocando caraminholas na cabecinha dele. O Grayson Jr está tão preocupado em se livrar das amarras de manipulação da mãe, que nem percebe que cai fácil na manipulação, ainda que indireta, de qualquer outra mulher. Sabia que essa francesa ia ser uma bela de uma pedra no sapato de Emily. E agora que Ems viu seu amor de infância e a moça juntos, será que ela vai planejar alguma forma de separá-los?

Uma das mais manipuladoras do episódio foi, claro, Victoria. Depois de roubar uma galeria inteirinha pra si, Queen Vic conseguiu, brilhantemente, fazer Charlotte assumir a culpa da sabotagem no carro de Conrad (claro, ele não ficaria contra a filha e ainda esqueceria o assunto) e ainda escondeu o verdadeiro sabotador, Patrick. Vic conseguiu até mandar Ems direto para Jack, com uma certeza inabalável.

E esse Patrick, hein… me deu a sensação de que ele está gostando mesmo do Nolan, gente. O que vocês acharam? Não sei ainda os propósitos do moço (tô ficando repetitiva nisso), mas acho que Nolan não é parte do seu plano. Afinal, após uma conversa de sinceridades sobre a vida com a mãe, ele abandonou tudo e foi curtir uma beira de piscina caliente.

Este não foi um episódio elétrico, mas foi bem delicioso de se assistir. Tudo muito amarradinho, muito coerente, criando uma ponte para os acontecimentos que estão por vir. Por falar neles, fiquem com o promo de 5×06, Dissolution.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER