RuPaul’s Drag Race 7×09 — Divine Inspiration

Em episódio cheio de tradição e cultura, queens da temporada mostram que precisam ser alfabetizadas.

As tradições da cultura drag se fizeram presentes nesta semana, em RuPaul’s Drag Race. Começando com o já conhecido Reading is Fundamental (inspirado em Paris is Burning, documentário que registrou os bailes drag de Nova Iorque dos anos 80), as queens desta temporada demonstraram pouca habilidade em lerem uma as outras. Os destaques ficaram para Katya e Trixie Mattel, que acabou levando o mini desafio, embora a primeira tenha sido um pouco melhor.

Além de toda a tiração de sarro, Reading is Fundamental sempre nos dá uma ótima oportunidade de vermos quais das competidoras conseguem aproveitar aspectos do convívio durante os desafios e nos bastidores do programa. Ficou claro que, diferente de outras temporadas, todo o grupo carece de entrosamento, ou pelo menos desentendimentos mais fortes para que o conflito de personalidades sirva de matéria prima para os reads.

RuPaul’s Drag Race 7x09 Divine Inspiration

E para “ler” uma concorrente é preciso ter sagacidade e perspicácia, não apenas uma boca grande. É por isso que competidoras como Miss Fame vão tão mal em desafios como esse. Tão centrada em falar e ouvir a própria voz, Fame não se vê capaz de elevar as tiradas que costuma soltar ao nível mínimo de criatividade que o desafio exigia.

Isso trai justamente sua própria queixa sobre se doar ao máximo em todos os desafios e não receber o devido crédito. Ela tem uma vaga noção sobre o que isso significa e sente-se incompreendida quando apresenta visuais reciclados de temas vistos em temporadas anteriores de RuPaul’s Drag Race. E neste aqui, ela canalizou sua parte Laganja Stranja.

E mesmo com os diversos avisos e chances que RuPaul deu a ela, Fame, por algum motivo, não compreendeu muito bem o que foi pedido dela e, ao invés disso, mostrou desempenho ainda pior, não conseguindo aplicar o tema da passarela ao seu trabalho, ou trabalhar em grupo com Pearl e Violet. E essa é a segunda vez que o trio não consegue trabalhar em grupo e afunda no desafio principal.

RuPaul fez muito bem em prestar homenagem a John Waters e Divine, a primeira Drag Superstar, nas palavras da própria Ru. Tanto John Waters como Divine possuem uma característica que falta na maior parte das queens escolhidas para comporem o elenco desta temporada: a transgressão. Então, parece completamente adequado que RuPaul queira que o mundo do perfeccionismo estético se choque com a zombaria do trabalho de Waters e Divine.

RuPaul’s Drag Race 7x09 Divine Inspiration2

Nesse quesito, é estranho ver que Pearl apresenta um desempenho muito ruim, pois o desafio apela para um traço que é inerente do seu trabalho. E nem mesmo sua ida para o bottom two é de muita serventia para fazer com que Miss Fame seja eliminada do programa. Fame fez isso praticamente sozinha em um lipsync monótono e bastante posado (a música também não colaborou, já que provavelmente usar uma música da Demi Lovato fazia parte do acordo para sua participação dispensável na bancada dos jurados). A impressão que fica é que ela perdeu uma excelente oportunidade de esconder algum truque por debaixo de toda aquela camada de pano que usou na passarela.

RuPaul também perdeu uma excelente oportunidade de trazer drama para o episódio. A edição fez questão de incluir um comentário de Trixie sobre a pressão que acomete as competidoras que retornam para o programa e acabam eliminadas na semana seguinte. Seu desempenho no desafio tornaria incompreensível uma ida ao bottom two, mas lógica é algo que anda ausente nesta temporada, por isso que seria interessante ver RuPaul transgredindo a coerência em detrimento da previsibilidade dos resultados do episódio. Teria sido divino.

RuPaul’s Drag Race 7x09 Divine Inspiration2

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER