RuPaul’s Drag Race 8×09 — The Realness

Alta dose de emoção faz de The Realness um dos mais sólidos episódios da temporada e nos proporciona um dos melhores top 3 da história de RuPaul’s Drag Race.

Na review sobre RuPaul Book Ball a pergunta era sobre quem não se encaixava no grupo. Nesta semana a pergunta é bastante semelhante, mas junto dela é preciso entender o contexto. The Realness é o episódio que seleciona as três finalistas no já tradicional episódio em que as competidoras gravam uma participação em um clipe de RuPaul.

Apesar deste ser um desafio que toma todo o tempo do episódio, o desempenho nele tem peso menor do que o histórico das competidoras durante a temporada. Chi Chi, por exemplo, esteve bem durante as filmagens e seu problema com o vestido em uma das tomadas foi mero detalhe (que a série fez questão de ampliar pra tornar a decisão de RuPaul mais justificada).

Mas se olharmos para Chi Chi no episódio, vemos o estilo Pageant Queen que dominava as primeiras temporadas de RuPaul’s Drag Race e logo percebemos porque ela não pertence ao pódio da competição. Chi Chi certamente evoluiu a cada semana e sua história a tornou querida do público, justificando compor um dos melhores top 4 que a série já teve. Mas é inegável que o estilo de Chi Chi não condiz com o que o programa procura neste ano, e é por isso que ela não segue adiante.

RuPaul's Drag Race 8x09 - The Realness (2)

Outro aspecto relevante sobre o desafio da semana é que ele simula um pouco da rotina que a próxima Drag Superstar irá enfrentar no seu ano de reinado. Bob, Kim Chi e Naomi já vêm estampando capas e matérias de diversas publicações, mostrando que prontas para este aspecto elas já estão. Neste episódio, mais do que diferenciá-las uma das outras, o desafio mostra o quão equiparadas elas estão.

Bob é uma comediante nata com habilidade para escrever texto, mas ela também sabe se posicionar sobre problemas da comunidade ao fazer ativismo.

Naomi extrapola o arquétipo de modelo e traz bastante carisma, humor e personalidade para sua apresentação, deixando claro que seu alicerce maior é a moda, mas que não perdeu a oportunidade que o programa deu de elaborar outras habilidades.

Por fim temos Kim Chi, a primeira Drag Queen coreana a aparecer na TV, uma artista fora dos padrões que aos poucos aprendeu a se aceitar, mas que traz das suas inseguranças a inspiração para o visual artístico realmente avant-garde, estilo que o episódio (e a temporada) tem buscado.

RuPaul's Drag Race 8x09 - The Realness

O que as difere é o fato de terem uma história para contar, uma voz para emanar e mesmo neste aspecto a escolha será muito difícil por conta dos discursos de defesa ao título de cada uma. Embora seja possível que Kim Chi leve vantagem por demonstrar a vulnerabilidade que RuPaul tanto gosta de ver em suas competidoras. Tão importante quanto o talento, essa vulnerabilidade é o que dá acesso ao artista por trás do ícone, e isso faz com que a arte Drag seja viva e pulsante.

Com as três melhores competidoras da temporada possuindo habilidades variadas e muito talento, The Realness substitui o drama entre as competidoras por autenticidade, e segue em direção a um dos mais imprevisíveis finais da temporada, restando a nós esperarmos para ver qual será o resultado de uma temporada que não tem como terminar de forma insatisfatória.

RuPaul's Drag Race 8x09 - The Realness (3)

Bob

Nesta semana uma das Drag Queens favoritas da temporada teve um desempenho bastante ruim. Seu visual avant-garde remetia diretamente a New Wave Queens, o que é exatamente o oposto da proposta. Para sua apresentação na passarela, o terninho pareceu muito simplório e não expressava o tema da passarela.

Chi Chi

Ao usar um vestido na passarela, Chi Chi demonstra estar na sua melhor versão; porém, assim como as dificuldades que teve durante as gravações do vídeo, seu lip sync foi prejudicado pelo vestido que não possibilitava movimentos mais livres. Sua saída se deve mais ao fato de não estar no mesmo nível de suas competidoras do que por ter tido um desempenho ruim nesta semana (embora não tenha sido dos melhores).

Kim Chi

Bastante coerente durante toda a temporada, o único momento ruim do episódio aconteceu durante a primeira tomada das gravações do clipe, que só entrou para a edição para garantir risadas, pois todo o resto foi compensado pela interpretação que Kim Chi dá a personagem. Durante o lip sync, é possível notar que ter ciência de suas fraquezas é essencial para seguir adiante na competição, já que Kim apostou na interpretação e movimentos rápidos para compensar sua pouca habilidade para dançar.

Naomi

Na passarela o visual apela para sua maior potência, mas não deixa de ser simples a ponto de não poder ser considerado seu melhor drag. Porém, Naomi proporciona bons momentos durante a gravação do clipe ao executar muito bem poses, caras e bocas.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER