RuPaul’s Drag Race S07E04 — Spoof!

É um fato sabido que RuPaul é estrategista por natureza e toma as decisões baseando-se no que é melhor para seu programa, principalmente se for polêmico e comentado. Quando Bebe Zahara venceu a primeira temporada da RuPaul’s Drag Race, ficou claro que ela queria uma representante negra, que levasse adiante o próprio legado. Era a primeira temporada e ela precisava passar uma mensagem. Mas se formos comparar com a segunda colocada, Nina Flowers nunca foi para o bottom two. O que podemos ver é que não necessariamente o aproveitamento das competidoras nos desafios semanais determina sua permanência no programa.

Foi isso que vimos em Spoof e que deixou grande parte dos fãs revoltados com a saída de Trixie Mattel. Uma olhada com mais cautela mostra que não foi totalmente injustificada a decisão de RuPaul, pelo menos não tanto quanto a vitória de Kennedy Davenport.

É interessante notar que este é o terceiro episódio seguido onde o desafio principal da semana é realizado em grupo. Disso podemos entender que Ru ainda quer explorar as relações e os egos que o trabalho em equipe faz aflorar nas queens. Dessa vez, no entanto, não houve mini desafio para definir capitãs para suas respectivas equipes. Quem naturalmente possuía ou desenvolveu um espirito de liderança tratou de reunir seu time. E isso foi notado por Ru, tanto pelo bem quanto pelo mal.

*suspira*

Então, no desafio das paródias das músicas de RuPaul, tivemos o grupo de Ginger (com Kennedy, Kasha e Kandy), Jaidynn (com Max e Violet) e Trixie (com Miss Fame, Pearl e Katya). Estou considerando como líderes quem mais contribuiu para a construção do conceito do que seria feito no desafio e, realmente, foi responsável pela coordenação ou a falta dele. Talvez seja desnecessário comentar sobre os grupos de Ginger e Jaidynn, que foram muito bem e não trouxeram conflitos que precisem de nota (com exceção de Violet e sua inabilidade de ouvir críticas construtivas).

O grupo liderado por Trixie, no entanto, foi tão ou mais desastroso que o grupo que produziu McBitch semana passada. Faltou sintonia, organização e até mesmo liderança para conter os egos que estavam entrando em atrito. Isso parece um pouco inadmissível tendo em vista a bronca homérica que RuPaul disparou. Ao que parece, elas não escutaram os avisos e o resultado não poderia ter sido outro senão vergonhoso.

Daquele grupo era esperado de Pearl uma reação à sua apatia e ao comentário que RuPaul fez em ShakesQueer para que ela acordasse. Ela já estava em dívida com o programa e, por isso, mereceu ir para o Bottom Two por simplesmente não ter posto em prática conselhos profissionais. Além disso, sua forma de se defender, insinuando que tem sido muito cobrada falhou em servir como argumento. Na passarela, seu figurino foi um dos mais marcantes (junto com o de Katya, que vem ganhando terreno a cada episódio), mas apenas um bom figurino não sustentará sua participação no programa. Será preciso mais atitude.

Mandou bem no figurino, mas faltou atitude.

No que diz respeito à Trixie, ela tinha a oportunidade de colocar em prática a forma de drag da qual ela faz parte: a comédia. Porém, não levou além do esperado, justificando o comentário de Miss Fame, que disse que ela “encolhe” quando precisa mostrar trabalho. Tendo reunido o grupo e sugerido a ideia para a paródia de Dance With U, a explicação que encontro para sua ida ao Lipsync for your life é a má administração da responsabilidade que tinha nas mãos.

Além disso, se Pearl disputasse sua permanência com Kandy Ho, que anda completamente nula no programa, seria uma escolha muito fácil para Ru. E embora eu não possa tirar o crédito de Pearl por ter acordado durante sua performance, Trixie também foi espetacular e exibiu muita graça e desenvoltura. Mas ver uma batalha entre essas duas queens cheias de personalidade é doloroso para essa etapa do programa. Mas talvez Ru queira quebrar nossas expectativas quando à previsibilidade.

Katya vem ganhando terreno e mostrando trabalho.

Pela lógica, ao menos na minha, as próximas eliminadas seriam: Kandy Ho, Kasha Davis e Kennedy Davenport; não necessariamente nessa ordem. Ambas não entregam muito durante os desafios ou desaparecem quando postas ao lado de outras queens. De todas, Kandy Ho é quem tem mais chances de ser eliminada em breve. A atitude que ela mostrou em sua entrada simplesmente se apagou nas semanas seguintes. Durante o Untucked, ela explicou a sua escolha para o figurino da semana, dizendo que não aplica conceito em seu vestuário, que apenas escolhe aquilo que a deixará bonita. Este será exatamente o motivo pelo qual ela será eliminada: a superficialidade de seu trabalho.

Enquanto isso, Kasha Davis não consegue se libertar da impressão de “senhora” que ela passa em todo o figurino que apresenta na passarela. E nem suas respostas divertidas quanto aos seus maneirismos poderá salvá-la por muito tempo. Mas a dúvida maior fica com Kennedy Davenport. Ela é opaca desde o início do programa, e se ela chegou surpreender em algum momento, passou despercebido. Mesmo sua dublagem contra Jasmine Masters justificaria uma eliminação dupla.

O que torna ainda mais confusa sua vitória no desafio principal. Polemico foi, comentado por toda internet também, mas se RuPaul tinha algum objetivo com as escolhas feitas no episódio, passou longe do nosso entendimento.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER