Saga Jogos Vorazes é concluida com filme sufocante

Quarto filme da Saga Jogos Vorazes encerra a trama de maneira sufocante e literal.

Há jogos muito piores para jogar.” EVERDEEN, Katniss

Novamente estamos órfãos de uma boa saga.

Enquanto a franquia Harry Potter nos levou a um mundo de fantasia fundamentado em medos do nosso passado, Jogos Vorazes criou um mundo de intolerância que poderia ser o nosso futuro real.

Com referências claras a obras importantes, como 1984, a saga de livros alimentou de maneira pop a mente de muitos jovens que alguns anos atrás estariam lendo sobre vampiros que brilham no sol. Jogos Vorazes trouxe debates simples e necessários, junto a anseios que vão do micro ao macro em uma didática dos medos políticos atuais.

Saga Jogos Vorazes

Fez paródia forte com o ideal romântico do amor, esse sentimento tão básico que controla a nós mesmos e também a uma multidão, quando bem enquadrado e transmitido ao vivo num famigerado reality show.

Faz visão da decadência de uma sociedade cada vez mais presa ao fácil e ao supérfluo. E para somar, apresenta a necessidade da revolução e do protesto, do controle na mão do povo, da atitude para quebrar a opressão e garantir igualdade.

Todos esses três temas podem ser lidos em sua timeline do Facebook em um mesmo dia. E isso prova a relevância da quadrilogia de filmes e trilogia de livros para a atualidade. É aquele tipo de história simples, que leva à reflexão, que inicia a consciência política entre a garotada. Precisamos de obras assim.

Enquanto filme, Jogos Vorazes A Esperança O Final cumpre seu papel de contar uma boa e limpa história sobre a sujeira do poder. Traz uma protagonista forte, interpretada por uma atriz carismática e tão relevante quanto os assuntos dos filmes e livros.

É sufocante, trágico e triste, como o destino de Katniss Everdeen, Peeta Mallark e Gale Hawthorne deveria ser. Apresenta uma adaptação quase literal da segunda parte do livro que o inspirou, com excessão a algumas passagens envolvendo o personagem Plutarch, interpretado pelo já falecido Philip Seymour Hoffman.

O ator foi digitalmente incluído em algumas cenas de conclusão. Seu texto também passou para a boca de personagens diferentes em algumas passagens importantes. Em ambas as situações isso acontece de maneira satisfatória.

O enredo fiel até demais volta às origens, deixando as reviravoltas políticas da primeira parte de A Esperança. Assim, O Final estabelece a última arena, a definitiva. Ainda que traga desafios e inimigos mais mortais, não supera a ação do primeiro, nem do segundo filme.

Este último jogo é uma passagem muito bem produzida para uma conclusão talvez não tão satisfatória quanto a dos livros. É tenso, é angustiante. Mas falha ao transportar para o público a sensação de perda tão característica da protagonista e daqueles que a acompanharam nas páginas finais.

É fato que neste caso a mídia não ajuda. Difícil tarefa a do diretor Francis Lawrence em trazer a sensação de surpresa aos que já leram os três livros, quando a adaptação do roteiro é tão ipsis litteris. A sensação é de que faltou esforço.

Para quem não leu, as surpresas e os ganchos serão avassaladores. Se é o seu caso, talvez seja mais difícil para você segurar as lágrimas do que foi para Katniss sobreviver. Mas como o tordo, que representa a esperança, ela prova que é sempre válido tentar.

Jogos Vorazes A Esperança O Final estreia esta quarta, 18 de novembro, nas melhores salas de cinema do país.

Confira o trailer:

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER