Scandal 1×07 — Grant: For the People [Season Finale]

O que esperar do finale de uma temporada que não economizou reviravoltas para desenvolver suas histórias? Scandal é o tipo de série que incentiva o espectador a criar teorias e se surpreenda não apenas com o final, mas no caminho que a série trilhou até chegar aos últimos minutos do episódio.

Falando em surpresas, quem é Quinn Perkins?

“Cheguei as digitais dela. Não se preocupe, eu mesmo fiz isso. Senão haveria um pelotão à procura dela. Estou infringindo a lei ao trazê-la aqui. Eu não infrinjo a lei, Olivia.”— David
“Quer dizer a eles quem você é, ou eu digo?” — Olivia, para Quinn

Como esperado, o episódio começou com Quinn encontrando o namorado nas últimas. Sem saber como agir, a moça pediu a ajuda de Olivia Pope, que no apse de sua genialidade (só que ao contrário), resolveu limpar a cena do crime para que as digitais de sua agora cliente não fossem encontradas no local e a real identidade da moça não fosse revelada.

Lógico que foi uma péssima decisão. Mesmo com os assossiados tentando convencê-la do contrário, Olivia permaneceu firme e não mudou de ideia, impedindo David de descobrir o assassino de Gideon. E se você pensou que isso seria o suficiente para Perkins mostrar a que veio, enganou-se. A personagem que ficou na promessa desde o piloto continua na mesma. No mínimo, ela deve ser proibida de pisar em solo americano, mas isso Shonda só deve revelar quando a série retonar em setembro.

Billy Chambers, por outro lado, teve uma trama muito bem explorada. Depois de armar pro presidente, ele finalmente se demitiu do gabinete da vice e foi à televisão falar do envolvimento de Amanda com Grant. Interessante notar que mesmo após tudo isso, continuou com o plano de tirar Fitz do poder.

A equipe de Pope chegou à conclusão de que Billy teria encomendado o assassinato de Amanda Turner, fazendo com que Huck encomendasse a execução do ex-assessor da vice-presidente. E é aí que o roteiro supreende novamente. Após nos fazer acreditar que ele mesmo teria mandado matar Amanda, é revelado nos últimos minutos que Cyrus foi o verdadeiro mandante do crime. Opa, mais um arco para a próxima temporada!

Já o que não deve ter muito destaque quando a série retornar é o envolvimento de Olivia com o presidente. O trato da “gladiadora de terno” com a primeira-dama deixava claro que os dois precisavam se distanciar. A cena evidenciou como o time de atores do núcleo “ala Oeste” se sobressai, com destaque para Bellami Yang, desta vez, que interpreta a primeira-dama Mellie Grant.

Tudo funcionou bem, inclusive a aflição sem fim de Olivia Pope. Com uma temporada de estreia redondinha, a série foi competente em resolver seus mistérios deixando algo mais para ser desenvolvido no futuro. Só espero que não apenas Quinn, mas os outros assossiados de Pope ganhem boas histórias como aconteceu Huck. Espero também que a protagonista encontre um par romântico de potencial, e não o amor impossível que ela insiste em alimentar.

Ainda não decidi se vou continuar resenhando a série para o Box, mas ainda pretendo acompanhar a trajetória de Scandal por um bom tempo. E você?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER