Scandal 2×21 — Any Questions?

Alguma pergunta?” — Presidente Grant.

Quanta tensão os espectadores de uma série conseguem aguentar em um único episódio? Quantas reviravoltas cabem em uma temporada? Na crítica do episódio anterior comentei sobre as pessoas que poderiam ser Albatross e as reviravoltas de Scandal. Alguma pergunta, senhor presidente? Claro que temos várias perguntas!

Cyrus foi o personagem principal desse episódio. E mais uma vez, como ele não teve um infarto? Cyrus confronta Fitz muitas vezes sem respeito algum, invade o apartamento de Olivia e ainda assim não perde o emprego. Além de chamar James de estúpido, ingênuo e incompetente Cyrus ainda quase lhe dá um tapa! Pobre James, quanto sofrimento! Realmente, Cyrus não tem limites. Por falar em limites, “Isso sempre acontece. Pessoas como você provam do poder e ficam com amnésia. Elas se esquecem de que eu não tenho limites.” Quem é esse cara do B-613, interpretado pelo ótimo Joe Morton, que consegue colocar medo até no Cyrus?

“Você não quer que ele te odeie porque ainda pensa que há uma chance dele voltar pra você. Sou muito bom no que faço, posso mover montanhas e fazer milagres. Mas não posso fazer seu marido te amar.” Que legal a participação de John Barrowman, o Malcolm Merlyn de Arrow! O fixer — responsável por ajudar Mellie a sair da confusão causada por ela mesma — conhece os truques da primeira dama e não teve medo de dizer a verdade, estilo Olivia Pope.

Scandal 2x21

“Eu conheço Fitz, ele não irá desistir de tudo.” Mellie diz que conhece Fitz, mas ninguém o conhece melhor que Olivia. Fitz já planejava não se candidatar à reeleição, por isso não enviou os documentos necessários. Fitz carrega os traumas do relacionamento com o pai, e por isso acredita que não é capaz de ser presidente. Olivia pôde mencionar que é culpada por Defiance e também por fazer Fitz duvidar de si mesmo. Finalmente Olitz chegou a um ponto de seu relacionamento em que ambos podem conversar abertamente sobre seus problemas e isso não se transformar em mais uma briga e separação. Agora sim os dois se conhecem, se aceitam e estão prontos e dispostos a ficarem juntos. E os dois só são felizes quando estão juntos. A alegria do Fitz quando ele saiu do apartamento da Olivia quase não coube no elevador! E há quanto tempo não víamos Olivia dar um sorriso tão bonito como quando Fitz liga pra ela?

“ — Você está tendo dúvidas?

– Não.

– Você?

– Nunca!”

Se a Quinn é baby Huck, o Harrison é baby Olivia Pope. Cheio de atitudes, Harrison mostrou mais uma vez que está disposto a fazer o que for preciso por Olivia. Será que ele tem sentimentos por ela? A forma como ele jogou a cadeira no chão, irritado por não descobrirem quem era o espião, não foi um pouco exagerada demais? Harrison estava nervoso com a situação, mas pareceu estar bem desconfortável com a situação de Olivia e Fitz.

A missão verdadeira de Jake é ficar próximo de Fitz, ainda mais próximo de Olivia e mantê-los separados. Com que objetivo? Quem está por trás disso tudo? Como Albatross, ou seja, Billy Chambers está inserido nessa história? Por falar em Billy Chambers, como ele está vivo? E a revelação mais chocante do episódio é que David trabalha para Albatross. Será que Billy é mesmo o espião e o responsável por todos os acontecimentos da segunda metade da temporada? Infelizmente teremos que esperar mais uns dias para termos as respostas de todas essas questões.

Com mais um episódio excelente e recheado de revelações chocantes, Shonda Rhimes e seu time de roteiristas nos deixam com mais uma pergunta: Como uma série pode ser tão genial?

Observações:

– David conseguiu enganar a todos, e muito bem.

– Olivia fez um acordo para que Huck pudesse viver?

– Jake parece mesmo ter sentimentos por Olivia. Ou não?

– Olivia foi muito ingênua em deixar o cartão da Cytron no escritório, como se não fosse possível que alguém arrombasse aquele cofre.

– Sally Langston deu o ar da graça tirando onda com a cara do Cyrus, citando passagem da Bíblia que nem é da Bíblia!

Trilha sonora:

Apesar de não termos muitas músicas marcantes durante o episódio, a trilha sonora foi sensacional. Dá uma olhadinha na primeira cena Olitz, na cena em que “Joe Morton” confronta Cyrus e principalmente, nos últimos três minutos do episódio.

Lembrando que o próximo episódio será o último da temporada, alguém ansioso aí?

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER