Scandal 3×12 — We Do Not Touch the First Ladies

Eu não posso vencer uma campanha eleitoral se eu sou sua vagabunda particular” — POPE, Olivia

As primeiras damas são intocáveis.

Esta foi a premissa desse episódio de Scandal, ainda que não tenha sido a única, mas tivemos a oportunidade de saber mais, em flashbacks, o que aconteceu a Mellie Grant depois de ter sido estuprada pelo sogro há 14 anos. As primeiras-damas são intocáveis? Para o Big Jerry isso era bem questionável e deixou marcas fortes em sua nora. Mellie, demonstrando todos os sinais de uma mulher que havia sofrido abuso sexual, passou a ser arisca, não suportava o toque de outro homem, nem do marido, e viveu tempos de grande angústia e solidão, chegando a tentar o suicídio. E encontrou abrigo e conforto na figura de Andrew Nichols, atual candidato a vice-presidente ao lado de seu marido.

O relacionamento deles, aparentemente, foi construído sem toques e sem entregas. Andrew construiu dentro de si uma necessidade de cuidar de Mellie que, sempre preocupada em cuidar de tudo a seu redor, nunca teve ninguém que olhasse por ela. Até os retratos das primeiras-damas num salão da Casa Branca eram mais protegidos do que Mellie jamais foi em sua vida. Andrew continua a ter esse instinto protetor — e perderia a chance de ser vice-presidente para fazê-lo, assumindo para si um escândalo sobre drogas, justamente as drogas que Mellie tomou para se medicar da tentativa de dar fim à própria vida.

scandal-3x12-We-Do-Not-Touch-the-First-Ladies-Bellamy-young

Agora, passados os anos e com o cansaço de ter que lidar com tudo, Mellie parece mais pronta a se entregar. Naquele beijo, sob os olhares de outras primeiras-damas (que tanto provavelmente tiveram a esconder em suas posições), Mellie e Andrew finalmente se entregaram. E pareceu tão bom quanto errado.

Do lado daquela que, muito provavelmente, nunca será uma primeira-dama, temos também muito conflito. Olivia admitindo a Fitz que escolheu Jake não para ajudar a imagem do presidente, mas para tentar melhorar a sua própria, levantou muitas questões ligadas ao machismo. Para a sociedade, a mulher é a tentação e é a culpa. E a mulher precisa fazer o esforço extra para manter o seu emprego, para recuperar o prestígio que se perde com um escândalo sexual. Enquanto o homem envolvido no mesmo escândalo pode continuar concorrendo a presidente, a mulher tem que aguentar olhares e cochichos que lhe tiram tudo.

O problema da aproximação de Olivia e Jake é, para Olitz, o fato de que ela começou a se questionar se não deve mesmo seguir esse caminho e esquecer o que ficou pra trás — embora pareça dificil, já que Olitz começou o episódio justamente vestindo as roupas depois do que parece ter sido um encontro amoroso explosivo. E agora Jake sabe, pois, como Comando tem acesso a tudo o que acontece no Salão Oval. E descobrimos que Tom é agente B613, um agente duplo. E Comando vai investir, nem que seja para vencer uma queda de braço contra Fitz.

Na disputa eleitoral, temos ainda Sally. Tô falando que ela vai explodir a qualquer momento. Ela só consegue pensar no homicídio que cometeu e só consegue enxergar o tapete ainda manchado de sangue, mesmo depois de limpo. Bomba-relógio, como eu disse na semana passada. É só questão de tempo. Vamos ver se seu assessor, Leo, será capaz de estruturar toda a sua campanha antes que isso aconteça. E ele está se movimentando, aliando-se a Rowan Pope e tentando pescar uma baleia investidora do tamanho de Hollis Doyle.

Por pouco, David Rosen não se ferrou por conta de James Novak. Por muito pouco, ele não foi confundido com Publius, mas foi salvo por sua super namorada, Abby. E algo me diz que Cyrus agora sabe que Publius pode ser seu estimado marido, já que o informante não apareceu ao encontro com a jornalista justamente depois de Cyrus ter avisado a James que era uma armação.

Nossa Baby Huck, Quinn, mostrou a que veio. Fez o que nenhum B613 altamente treinado conseguiu: provar a ligação de Rowan Pope com a campanha de Sally. Será que o novo Comando contratará a ex-OPA, mesmo contra a vontade de Olivia?

Enquanto isso, na OPA, Huck ficou oferecendo café a Olivia, como sinal de arrependimento, mas colocando a culpa na patroa por qualquer acontecimento que tenha passado Quinn. Afinal, ele é mais do que um cachorro treinado, é um monstro — e monstros comem pessoas no café do manhã.

E se até então não sabíamos exatamente qual era a agenda de Adnan Salif, agora sabemos que ela é associada de ninguém menos que… Mama Pope! She is back e foi a melhor surpresa do episódio que, embora ainda inferior à sequência que encerrou 2013, tem os elementos certos para a gente chamar de incendiários! Agora é aguardar o fogo começar de verdade.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER