Scream Queens 1×01/02 — Pilot/Hell Week

Muitas mortes e um clima bizarro marcam a estréia de Scream Queens

Boa noite, piranhas idiotas” — OBERLIN, Chanel

Depois de muita espera e expectativa, enfim começou Scream Queens, a nova série de Ryan Murphy. E as primeiras cenas já chegaram pra mostrar como é o clima do que vem por aí: personagens fúteis, cenas bizarras, sangue, mistérios e risos. Isso tudo antes mesmo do nome da série aparecer. Só aí já ficou claro que a prometida mistura entre terror e comédia realmente é a linha que vai conduzir o primeiro ano da antologia. Mas ainda era cedo para saber se isso seria bom ou ruim.

A morte é sem dúvida o tema central da produção. Não só o mistério envolvendo os assassinatos é importante, mas a relação de vários personagens com eles também. Além das cenas em si, claro. As primeiras sequências com pessoas sendo mortas foram tão bizarras que acabaram sendo bastante desconfortáveis, mas não de uma maneira interessante. Tanto a do bronzeamento da antiga líder das Kappa como a morte de Ms. Bean podem ser consideradas toscas até demais para um olhar mais crítico. É claro que não dá pra esquecer que essa é a proposta da série, só que esse estilo pode acabar incomodando, pelo menos num primeiro momento.

Já na morte da personagem da Ariana Grande, a Chanel nº 2, o bizarro acabou se encaixando melhor. O diálogo entre ela e o Demônio Vermelho todo pelo celular foi sensacional. Ela acordando só pra apertar a tecla Enter ainda mais (mesmo que seu tweet nem tenha sido mencionado depois). Se no primeiro episódio as cenas mais bizarras tinham incomodado, no segundo isso desapareceu. Os efeitos na pele foram visualmente mais chocantes que as mortes à facada, um pouco mais fáceis de assistir, se é que isso é possível.

Quem se d

estacou nesses primeiros episódios foi Emma Roberts, que está ótima como a líder das Kappa. Ela soube colocar toda a arrogância necessária para que Chanel seja odiada de uma forma que a personagem não se torne uma chata para quem assiste. E é importante entender Chanel para entendermos o papel da personagem principal no desenrolar da trama. Ela lida com a morte de uma maneira totalmente fria. A única coisa que sente é o medo de também ser uma vítima. E talvez nem isso. Até na morte de Chanel nº 2, ela literalmente dá de ombros para o fato delas serem amigas. É aí que temos certeza de que ela só pensa em si mesma. Lea Michele também estavam bem, só não teve muito tempo para mostrar todo seu talento.

Outro personagem que merece um destaque aqui é Pete, o atendente misterioso da cafeteria. Ele parece saber demais. E numa história com um assassino a solta, é sempre bom desconfiar de todo mundo. E lá estava ele espiando atrás da árvore quando a empregada acabou morta. E claro, tem o fato de ele ter a roupa do demônio no armário. E o risinho que ele deu olhando para a máscara quando Grace saiu? Sim, está óbvio demais, mas até isso é motivo para desconfiar.

Com tudo isso, Scream Queens conseguiu cumprir a promessa de ser comédia e terror ao mesmo tempo. A vantagem, contudo, ficou para o lado cômico, bem mais forte que o assustador. O foco deste foi mais na quantidade de mortes do que no incômodo e no medo que elas poderiam causar. Um acerto para uma série que leva a morte de uma maneira um tanto bem-humorada.

A grande surpresa dos episódios ficou, claro, para o final. Quando todos achavam que Nick Jonas ia se despedir da série tão rápido, eis que o Demônio Vermelho tira o corpo de Boone da gaveta e SURPRESA! Ele está vivo! E muito provavelmente envolvido com os assassinatos. Mas por que se fingir de morto? O que eles estão tramando? Isso infelizmente só vamos saber nas próximas semanas. Mas podemos ter uma ideia do que vem por aí em Scream Queens na promo que está aqui embaixo.

E não dá pra deixar de parabenizar a Fox pela estreia simultânea que tivemos por aqui. O horário da transmissão e alguns pequenos travamentos na imagem foram os únicos contras. Só que dois episódios seguidos, sem comerciais e com a legenda muito bem sincronizada são motivos suficientes para comemorar.

Gostou dos primeiros episódios de Scream Queens? Dê sua nota logo abaixo e não se esqueça de comentar!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER